Judiciário 14:00

Operação Xeque-Mate: empresário é ouvido em audiência de custódia e encaminhado ao 1º Batalhão

Empresário foi preso na terceira fase da operação desencadeada pela Polícia Federal e pelo Gaeco

Roberto Santiago só poderá receber a visita de familiares e advogados. Foto: Divulgação

A audiência de custódia do empresário Roberto Ricardo Santiago Nóbrega foi realizada na manhã desta sexta-feira (22), no sexto andar do Fórum Criminal de João Pessoa. A sessão foi presidida pelo juiz substituto da 2ª Vara da Comarca de Cabedelo, Henrique Jorge Jácome de Figueiredo, que decidiu, após ouvir o representante do Ministério Público e o advogado de defesa, encaminhar o custodiado para o 1º Batalhão da Polícia Militar da Paraíba, localizado no Centro da Capital.

Roberto Santiago teve o direito de não permanecer algemado durante a audiência, em conformidade com o artigo 8º, II, da Resolução nº 213/15, do Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Também foi determinado pelo magistrado processante que Roberto Santiago está proibido, expressamente, de receber a visita de qualquer pessoa, salvo familiares de primeiro e segundo graus e dos advogados de defesa. A medida tomada visa evitar a ingerência de influência política no processo judicial.

Durante a audiência de custódia, o juiz não fez perguntas relacionadas aos fatos objeto das investigações ou com finalidade de produzir prova. “Mesmo não possuindo curso superior, foi acordado que, por uma questão de organização prisional e segurança, encaminhar o custodiado para um dos Batalhões da Polícia Militar”, explicou o juiz Henrique Jácome.

Roberto Santiago foi preso no início da manhã desta sexta-feira, por força de um mandado de prisão preventiva, oriundo da 1ª Vara da Comarca de Cabedelo, nos autos do Processo nº 0000026-81.2019.8150731, relacionado à Operação Xeque-Mate. Quando os agentes da Polícia Federal chegaram, ele estava em sua casa, no Bairro do Bessa, na Capital. O empresário é acusado de participar do esquema de corrupção e fraudes licitatórias no Município de Cabedelo, Região Metropolitana de João Pessoa. Roberto Santiago é proprietário do Shopping Manaíra e Shopping Mangabeira.

Com informações do Tribunal de Justiça

Mais Notícias

COMENTÁRIOS

  1. Avatar for Suetoni
    João Jorge Cunha

    Ter ou ter curso superior, eis a questão. Há uma adágio popular, antiquíssimo, que diz: ” Deus nos céus e “grana” na terra” Seria por acaso o senhor do “Fusquinha” importunado pelos presidiários comuns em Penitenciárias ou Presídios pedindo-lhe dinheiro ou promessas de empregos nas suas respectivas empresas em prol de parentes ociosos? Se esse imbróglio fosse em terras norte-americanas como seria o desfecho? No Japão, Na China, e demais países do ocidente e oriente. Nada contra a decisão de sua Excelência. De certo enxergou nesse caso específico um risco iminente de vida e, previamente, tomou acertadamente tal Decisão que é Provisória.O trâmite processual continua e aos poucos a Paraíba vai encadernando sua história contemporânea..

Comente
O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados com *