Ricardo Coutinho se aposenta do cargo de farmacêutico da UFPB

Ex-governador pediu contagem de tempo para aposentadoria ainda no ano passado e portaria foi publicada em 1º de março

Ricardo Coutinho atuou a maior parte da vida profissional no exercício de cargos públicos. Foto: Francisco França

O ex-governador Ricardo Coutinho (PSB) se aposentou do cargo de farmacêutico da Universidade Federal da Paraíba (UFPB). A portaria com a confirmação do benefício foi publicada no dia 1º de março deste ano, no Diário Oficial da União (DOU). O processo se arrastava desde o ano passado, quando o socialista, com 57 anos de idade, pediu contagem de tempo para a aposentadoria. Ele ingressou no serviço público no início da década de 1980, quando foi aprovado em concurso público. A atividade foi interrompida em 1993, em decorrência da carreira política.

De forma sequenciada, Ricardo Coutinho foi vereador de João Pessoa entre janeiro de 1993 e janeiro de 1999. No mesmo ano, ele assumiu cargo de deputado estadual, função exercida até 31 de dezembro de 2004. No ano seguinte, seguiu caminho como prefeito de João Pessoa, sendo reeleito em 2008. Dois anos depois, trocou a prefeitura da capital pelo comando do governo do Estado. No comando da Paraíba, ele se manteve até o dia 31 de dezembro do ano passado, quando passou o bastão para o sucessor, João Azevêdo (PSB).

Ricardo se aposentou do cargo por tempo de serviço. A aposentadoria do socialista acontece, neste ano, no mesmo momento em que o Supremo Tribunal Federal (STF) publicou acórdão com decisão que acabou com as pensões para ex-governadores. O benefício, enquanto ex-mandatário do Estado, o socialista nem chegou a receber, já que o julgamento, ocorrido no ano passado, já sinalizava com a proibição. A UFPB não confirmou ainda quantos anos de trabalho foram cumpridos, nem o montante exato do salário a ser recebido pelo ex-governador.

Confira portaria publicada no Diário Oficial da União (DOU):

PORTARIA

Nº 239 – I – Conceder aposentadoria voluntária ao (a) servidor (a) RICARDO VIEIRA COUTINHO, matrícula SIAPE nº. 334321, ocupante do cargo de Farmacêutico-Habilitação, Nível de Classificação E, Nível de Capacitação 2, Padrão de Vencimento 12, com o adicional de tempo de serviço de 17%, pertencente ao Quadro Permanente de Pessoal desta Universidade, com lotação no Pró-Reitoria de Extensão e Assuntos Comunitários, de acordo com o artigo 3º, incisos I, II e III, e parágrafo único da Emenda Constitucional nº. 47/2005. (Processo nº 23074.008775/19-83).

MARGARETH DE FÁTIMA FORMIGA DE MELO DINIZ

Reitora

11 comentários - Ricardo Coutinho se aposenta do cargo de farmacêutico da UFPB

  1. Nada a comentar.Apenas dizer que se cumprido o tempo de serviço para a aposentação, é o direito dele. A lei e a constituição assim garante. Nada mais.

  2. JOSÉ JANGABAN R. DE P. FRIRE Disse:

    Exemplo de governador.

  3. Fillipe Morais Disse:

    Materia desnecessária, se Ricardo se aposentou pelos meios legais a qual tinha direito acho que noticiar isso é uma tendencioso pois nada acrescenta a sua carreira politica. Mas enfim, é minha opinião.

  4. José Disse:

    Saber o salário dele é fácil, basta consultar o Portal da Transparência ou a tabela de remuneração do serviço público (os dados para consulta na tabela estão na portaria da reitora: Nível de Classificação E, Nível de Capacitação 2, Padrão de Vencimento 12, com o adicional de tempo de serviço de 17%)

  5. JOSE NILTON DE SOUZA Disse:

    Seria insano se ele acumulasse duas aposentadoria, uma como governador e outra do seu emprego na UFPB , se é compulsória ou não, cabe a ele a decisão.

  6. É isso…nada demais! Estudou e formou-se. Aprovado em concurso galgando boa pontuação no vestibular e uma boa versatilidade na vida acadêmica, viu a lupa a ciência exuberante da química orgânica e inorgânica; a cadeia do metano, benzeno, butano; os efeitos positivos na corrente sanguínea da eritromicina, garamicina; e o princípio ativo da cura pela Benzetacil e bitonal, nos anos 70. Em laboratório deslumbrou-se na ciência das bactérias e fungos nos humanos, possível causadora na época do Alzheimer, esclerose múltipla e doenças degenerativas. Na matemática, vislumbrou-se na Regra Três e na Geometria do matemático Platão. Na física analisou a fundo o binômio de Newton e viu como ninguém o real segredo da Teoria da Relatividade de Albert Einstein, que o conduzira de forma célere à política. Conhecedor e admirador profundo da teoria do direito medieval lombrosiana, assimilou de logo o segredo do cerne da matéria: – descobrir sem pestanejar de pronto um “amigo-da-onça” centrando o seu olhar na retina e na pupila do respectivo, e assim separar facilmente o joio do trigo.

  7. wilma Disse:

    Os defensores do pior GOVERNADOR QUE A PARAÍBA JÁ TEVE estão atentos a qualquer informação prestada sobre ele.
    Palatino da moralidade que disse a quem quisesse ouvir que iria votar a trabalhar na UFPB após exoneração do cargo de Governador.
    NÃO CUMPRE COM SUA PALAVRA
    Trabalhou apenas 13 anos na UFPB e os demais as custas da política.
    UMA ABERRAÇÃO E UMA VEGONHA, justiça será feita em nossa Terrinha contra os males por ele causado a população

  8. wilma Disse:

    Os defensores do pior GOVERNADOR QUE A PARAÍBA JÁ TEVE estão atentos a qualquer informação prestada sobre ele.
    Palatino da moralidade que disse a quem quisesse ouvir que iria votar a trabalhar na UFPB após exoneração do cargo de Governador.
    NÃO CUMPRE COM SUA PALAVRA
    Trabalhou apenas 13 anos na UFPB e os demais as custas da política.
    UMA ABERRAÇÃO E UMA VERGONHA, justiça será feita em nossa Terrinha contra os males por ele causado a população

  9. wilma ferreira Disse:

    Os defensores do pior GOVERNADOR QUE A PARAÍBA JÁ TEVE estão atentos a qualquer informação prestada sobre ele.
    Palatino da moralidade que disse a quem quisesse ouvir que iria votar a trabalhar na UFPB após exoneração do cargo de Governador.
    NÃO CUMPRE COM SUA PALAVRA
    Trabalhou apenas 13 anos na UFPB e os demais as custas da política.
    UMA ABERRAÇÃO E UMA VERGONHA, justiça será feita em nossa Terrinha contra os males por ele causado a população

  10. ricardo rodrigues Disse:

    Os defensores do pior GOVERNADOR QUE A PARAÍBA JÁ TEVE estão atentos a qualquer informação prestada sobre ele.
    Palatino da moralidade que disse a quem quisesse ouvir que iria votar a trabalhar na UFPB após exoneração do cargo de Governador.
    NÃO CUMPRE COM SUA PALAVRA
    Trabalhou apenas 13 anos na UFPB e os demais as custas da política.
    UMA ABERRAÇÃO E UMA VERGONHA, justiça será feita em nossa Terrinha contra os males por ele causado a população

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *