Aliados de Manoel Júnior criticam postura dos Gadelha

Vice-prefeito de João Pessoa não conseguiu indicação para o Senado e vai disputar o cargo de deputado federal

Manoel Júnior teve frustrados os planos de assumir a prefeitura ou disputar o Senado. Foto: Divulgação/Câmara dos Deputados

O vice-prefeito de João Pessoa, Manoel Júnior (PSC), virou case insucesso e do que não fazer na política. Era deputado federal, renunciou ao cargo para assumir a vaga de vice-prefeito de João Pessoa e agora tenta voltar à Câmara dos Deputados. E o que há de errado neste círculo? A dificuldade do quadro eleitoral atual. Tudo deu errado para Manoel nos últimos anos. A disputa da prefeitura da capital, na condição de vice, trazia uma expectativa de poder. Afinal, ele poderia assumir a titularidade caso o prefeito Luciano Cartaxo (PV) deixasse a prefeitura para disputar o governo do Estado. Mas não aconteceu.

Sem espaço, Manoel nutriu a esperança de ser candidato ao Senado na eleição atual. Esperava faturar o segundo voto na chapa de Lucélio Cartaxo (PV), com Cássio Cunha Lima (PSDB) na disputa da outra vaga do Senado. A vinda de Daniella Ribeiro (PP) para a coligação fechou esta porta também. Restava o PSC fechar com o apoio a José Maranhão (MDB). Assim, sobraria espaço na chapa para ele disputar a vaga no Senado. O problema é que as contas feitas pelo deputado federal Marcondes Gadelha (PSC) visava a eleição proporcional (Câmara e Assembleia). Tinha a pré-candidatura do filho, Leonardo Gadelha, para concretizar.

Nesta conta pela sobrevivência no partido, Manoel Júnior sobrou na curva. Vai disputar um cargo para deputado federal. Aliados próximos a ele têm reclamado, mas o leite já escorreu pelo chão…

2 comentários - Aliados de Manoel Júnior criticam postura dos Gadelha

  1. João Bosco Monteiro Disse:

    Aquele apoio intransigente a EDUARDO CUNHA lhe custou muito caro.

  2. juliana Disse:

    ISSO JÁ ERA FAVAS CONTADAS; AGORA O NOBRE MANUEL JUNIOR PERDEU TODOS OS EX APOIOS, E AGORA VAI CORRER ATRÁS DE ALGUNS VOTOS MINGUADOS!

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *