Rejeição de 79%: Ibope mostra por que partidos têm corrido de Temer

Aliados dizem que apoio do emedebista é radioativo e evitam composição com o partido até nos estados

A pesquisa Ibope divulgada nesta quinta-feira (28) mostra por que os partidos têm corrido para longe da associação com o presidente Michel Temer (MDB). A consulta mostra que o governo do emedebista aparece com 79% de avaliação ruim ou péssima. Já o percentual dos que aprova a gestão, classificando-a como ótima ou boa, não passa dos 4%. Os números são piores que os já péssimos de abril, consulta anterior a atual. Isso fez com que Temer abandonasse o projeto de disputa da reeleição e lançasse, como opção, o ex-ministro da Fazenda,  Henrique Meirelles.

Avaliação do governo

Ótimo/bom: 4%
Regular: 16%
Ruim/péssimo: 79%
Não sabe/não respondeu: 1%

Na pesquisa anterior do Ibope, divulgada em abril, 72% consideravam o governo “ruim/péssimo”; 21%, “regular”; e 5% avaliavam como “bom/ótimo”.

O levantamento foi encomendado pela Confederação Nacional da Indústria (CNI). A aplicação dos questionários ocorreu entre os dias 21 e 24 de junho, quando foram ouvidas 2 mil pessoas em 128 municípios. A margem de erro é de 2 pontos percentuais.

O instituto quis saber também da avaliação dos eleitores sobre a maneira de governar do atual presidente. Veja o resultado:

Aprovam: 7%
Desaprovam: 90%
Não souberam ou não responderam: 3%

No levantamento divulgado em abril, 9% aprovavam e 87% desaprovavam a maneira de governo de Temer.

Aprovação por áreas
Outro tópico da pesquisa foi a avaliação dos entrevistados sobre áreas de atuação do governo:

Segurança Pública

Aprovam: 14%
Desaprovam: 83%

Educação

Aprovam: 15%
Desaprovam: 83%

Saúde

Aprovam: 11%
Desaprovam: 88%

Taxa de juros

Aprovam: 8%
Desaprovam: 89%

Combate ao desemprego

Aprovam: 11%
Desaprovam: 87%

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *