Executivo 12:04

Ausências de Raimundo Lira em ‘campanha’ alimentam tese de desistência da disputa

Senador reduziu a presença nas cidades paraibanas justamente no período das festas juninas, quando os postulantes aceleram a busca por apoios e votos

Raimundo Lira ocupou funções importantes durante o mandato no Senado. Foto: Divulgação/Senado

Uma velha máxima da política indica que não basta ser candidato, é preciso se movimentar como tal mesmo no período pré-eleitoral. Este entendimento tem feito com que a pré-candidatura do senador Raimundo Lira (PSD) à reeleição seja vista, neste momento, com desconfiança. O motivo: há pelo menos duas semanas a agenda de visitas aos municípios paraibanos foi perigosamente desidratada. Desconfortos na base aliada, descontentamentos de prefeitos que não viram verbas serem liberadas, riscos de ser visto apenas como “trem pagador”… Muitos são os argumentos usados por aliados para justificar o quase injustificável: o sumiço do parlamentar das agendas de campanha. Não custa lembrar ser este o momento de buscar a consolidação de apoios e de ser visto nos municípios paraibanos.

Lira teve o nome guindado à condição de pré-candidato à reeleição pelo PSD nos primeiros meses do ano. O movimento ocorreu após sentir que uma postulação tendo o senador José Maranhão (MDB) na cabeça de chapa, naquele momento, apresentaria pouca viabilidade. Isso por causa da dificuldade inicial do parlamentar de conseguir apoios em torno de si. Um cenário que vem mudando aos poucos. A saída da sigla emedebista fez com que Raimundo Lira fosse recebido com festa em uma chapa praticamente formada. O bloco tem Lucélio Cartaxo (PV) brigando pelo governo, com Micheline Rodrigues (PSDB) no pré-candidata a vice. As principais vagas para a disputa ao Senado ficaram com Cássio Cunha Lima (PSDB) e Raimundo Lira.

Sobram teses sobre o que teria provocado a ausência de Raimundo Lira nas agendas políticas. Ninguém, no entanto, afirma com todas as letras que houve desistência. Os tucanos, por exemplo, aguardam um pronunciamento e torcem para que o parlamentar volte a circular pelo Estado. A única liderança política que aceitou falar em “on”, na conversa com o blog, foi o deputado estadual Manoel Ludgério. Ele admitiu o distanciamento do senador, mas diz torcer para que ele seja candidato. Ludgério disse que vai terça-feira (19) a Brasília e pretende conversar com Lira. Mais votado para a Assembleia Legislativa em 2014, Ludgério trabalha também para ser candidato do partido a deputado federal.

Raimundo Lira chegou ao cargo de senador em 2014, com a escolha de Vital do Rêgo Filho para o cargo de ministro do Tribunal de Contas da União (TCU). Ele era suplente e foi efetivado no cargo. De lá para cá ocupou espaços de destaque no Parlamento. Presidiu, vale lembrar, a Comissão Processante que apreciou o pedido de impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT). Foi ainda líder do MDB no Senado. Neste período, esteve mais próximo do grupo ligado ao governador Ricardo Coutinho (PSB). No inicio do ano, sem espaço, acabou mudando de lado, integrando o grupo de oposição.

O blog tentou mais não conseguiu contato com o parlamentar. As lideranças aliadas dizem que caberá a Lira decidir se será ou não candidato. Façam suas apostas…

 

 

Mais Notícias

COMENTÁRIOS

  1. Avatar for Suetoni
    paulo

    aposto eu nao quero

  2. Avatar for Suetoni
    paulo

    voce duvida que ele caiu do cavalo celado?

  3. Avatar for Suetoni
    Yago

    “O blog tentou MAS não conseguiu contato com o parlamentar. As lideranças aliadas dizem que caberá a Lira decidir se será ou não candidato. Façam suas apostas…”

    • Avatar for Suetoni
      Suetoni

      Amigo, bom dia. Ele me mandou mensagem horas depois, mas evitou se pronunciar sobre as perguntas formuladas. Optou por uma rápida saudação.

  4. Avatar for Suetoni
    Italo Campina

    Manuel Ludgerio aproveitando o ensejo do falecimento de um político tenta usurpar o lugar do companheiro. Uma péssima gestão em Barra de Santana, cheia de perseguições.

Comente
O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados com *