Datafolha: Sem Lula, um terço do eleitorado revela não ter candidato a presidente

Ex-presidente está preso há dois meses em Curitiba por conta da condenação a 12 anos e um mês de prisão arbitrada pelo TRF4 por causa do tríplex do Gurarujá

Imagem: Reprodução/Folha de São Paulo

Os adversários do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) ainda não encontraram uma fórmula para se beneficiar da provável proibição da candidatura do petista. Ele foi condenado a 12 anos e um mês no caso do tríplex do Guarujá, em São Paulo. Mesmo assim, segundo a pesquisa Datafolha divulgada neste domingo (10), lidera a pesquisa de intenção de voto, com 30% das intenções de voto. O instituto entrevistou 2.824 eleitores de 174 municípios na quarta (6) e na quinta (7). A consulta é a primeira feita pelo instituto após a paralisação dos caminhoneiros. O resultado foi que com o ex-presidente no páreo, o cenário entre os outros postulantes não sofreu grandes modificações. A surpresa é que em caso de não participação do petista, um terço do eleitorado se diz sem candidato a presidente.

O segundo colocado na disputa permanece sendo o deputado Jair Bolsonaro (PSL-RJ). Ele aparece entre os políticos que mais se aproximaram dos caminhoneiros durante as manifestações que travaram o transporte de cargas no Brasil. Com Lula, ele aparece com 17%. Mas sem o petista, ele oscila positivamente para 19% das preferências. Neste último quesito, ele é seguido pela ex-senadora Marina Silva (Rede). Ela aparece com até 15% das intenções de voto. O ex-ministro Ciro Gomes (PDT), que oscila entre 10% e 11%, e o ex-governador Geraldo Alckmin (PSDB), que tem 7%, estão tecnicamente empatados. Os cenários pesquisados pelo Datafolha semana passada são diferentes dos considerados pelo estudo anterior, feito em abril. Por isso os resultados dos dois levantamentos não são perfeitamente comparáveis.

O Partido dos Trabalhadores vem fazendo o lançamento da pré-candidatura de Lula em todo o país. O cenário adia a definição do nome que poderá substituir o ex-presidente se ele for barrado. Os dois mais cotados para a vaga, o ex-prefeito Fernando Haddad (SP) e o ex-governador Jaques Wagner (BA), aparecem com 1% na pesquisa.

A pesquisa mostra que 30% dos eleitores brasileiros votariam em um nome indicado pelos ex-presidente Lula. Este número cai para 10% quando a pergunta é sobre um candidato apoiado pelo também ex-presidente Fernando Henrique Cardo (PSDB) e para 2% quando se questiona sobre um indicado pelo presidente Michel Temer (MDB). Este último, de acordo com a pesquisa, aparece com a maior rejeição de um ex-presidente desde a redemocratização. Ele aparece com 82% de avaliações ruins ou péssimas.

Confira a pesquisa na Folha de São Paulo

 

2 comentários - Datafolha: Sem Lula, um terço do eleitorado revela não ter candidato a presidente

  1. J. Cavalcanti Disse:

    Boa noite!
    Lamentável, dos candidatos citados na pesquisa, sinceramente, não vejo ninguém qualificado para o cargo de presidente da República Federativa do Brasil.
    Desta forma, caso não apareça um candidato qualificado, estarei anulando o meu voto. Pois já estou cansado de só ver ladrões governando esta nação.

  2. Maria Preá Disse:

    Eu não estou morta. Não voto em Lula nem a pau.

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *