Asserp elege nova diretoria nesta sexta e projeta avanços na radiodifusão

Entidade estabelece como meta a transição das rádios AM para FM na Paraíba

Lúcia Duarte assume a Asserp pelos próximos dois anos. Foto: Divulgação

Os membros da Associação das Emissoras de Radiodifusão da Paraíba (Asserp) vão eleger e empossar, nesta sexta-feira (27), a nova direção da entidade. A assembleia extraordinária para tratar sobre o tema será realizada no VerdeGreen Hotel, em João Pessoa. O grupo, definido em chapa única, assume um novo mandato de dois anos e terá uma missão e tanto: viabilizar o processo de modernização das rádios paraibanas. A conversão dos sinais de AM em FM, inclusive, encabeça o desafio por conta dos custos elevados da operação. O resultado disso, porém, será a elevação da qualidade da radiofonia no Estado.

A chapa que será confirmada na assembleia da entidade é encabeçada por Lúcia Duarte, que é diretora comercial da Rádio Caturité. Ao falar sobre o futuro, ela lembra que o período difícil na economia não tem intimidado as emissoras de rádio paraibanas. Através da Asserp, elas conseguiram viabilizar com o Banco do Nordeste (BNB) um empréstimo com juros baixos para investir na modernização das rádios. A linha de crédito em questão é o Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE) Inovação. Através dele, as emissoras filiadas terão como comprar os equipamentos necessários para a conversão e ainda como construir um capital de giro.

Durante a Assembleia Extraordinária prevista para a tarde desta sexta-feria, haverá uma palestra promovida por um dos diretores do Banco do Nordeste para dar mais detalhes sobre o convênio. Outro desafio a ser enfrentado pela Asserp, ressalta Lúcia Duarte, é assegurar a sobrevivência das emissoras. “O período é um pouco complexo, por conta das migrações de rádio AM para FM. Então, as rádios estão construindo transmissores, antenas e neste período existe o custo de rádio que é muito alto para uma época de crise desta que a gente está passando”.

A previsão da nova diretoria da Asserp é a de que toda a conversão das rádios AM em FM, na Paraíba, seja concluída até meados do ano que vem. Além de Lúcia Duarte, compõem a diretoria na condição de primeiro vice-presidente, Cacá Martins, da Rádio O Norte; Kildare Queiroga Cavalcante, da Rádio Difusora de Cajazeiras, na condição de segundo vice-presidente. A secretária é Marilana Motta, da Serra Branca FM, além dos conselheiros fiscais João Gregório, da Rádio e TV Paraibana; Eduardo Carlos, da TV Cabo Branco, e Margaret Pimentel, da Rádio Itatiunga.

 

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *