Executivo 11:56

Ricardo critica Cartaxo e ensaia discurso eleitoral durante visita à Perimetral Sul

Governador abandona tese de ‘desautorizar’ embargo e diz que visita é ‘ato simbólico’

Governador critica o prefeito Luciano Cartaxo por causa de embargo a obra. Foto: Francisco França/Secom-PB

O governador Ricardo Coutinho (PSB) reforçou nesta segunda-feira (16) o discurso eleitoral focando a disputa de 2018, na Paraíba. Durante visita às obras da Perimetral Sul, em João Pessoa, questionou a capacidade administrativa do prefeito Luciano Cartaxo (PSD). O ex-aliado é virtual candidato ao governo, contra o candidato que será apresentado pelo grupo socialista. A avenida, em obras desde 2013, entrou no foco de um embate entre governo e prefeitura na semana passada. O trabalho foi embargado pela Secretaria de Meio Ambiente do Município na quarta-feira (11) passada e ‘desembargada’ dois dias depois.

A trapalhada da prefeitura foi acompanhada de uma postura, digamos, autoritária do governador. Na sexta-feira, a máxima entre os governistas era a de que Ricardo iria pessoalmente nesta segunda-feira (16) ‘desembargar’ a obra. A decisão da prefeitura foi revista e os argumentos do socialista, pelo jeito, também. Durante o evento, pela manhã, ele disse que sua ida ao canteiro de obras foi um “ato simbólico”. Nada de afrontar o municípios nas suas prerrogativas. Até por que, convenhamos, uma postura autoritária de fato cairia mal para o gestor.

Críticas

O governador, no entanto, não passou recibo em relação ao virtual adversário do seu grupo nas eleições de 2018. Fez referência ao orçamento de João Pessoa, superior a R$ 2 bilhões, e assegurou que tem como ser fazer mais. O gestor garantiu que tem sobrado para o governo do Estado fazer as obras de mobilidade na capital. “Como estaria o trânsito em João Pessoa não fosse o Trevo das Mangabeiras, o Viaduto Eduardo Campos?”, questionou o socialista. Ricardo também lembrou a duplicação da avenida Cruz das Armas e atribuiu ao prefeito Luciano Cartaxo apenas “o pontilhão sobre a avenida Beira Rio”.

O discurso foi reproduzido por auxiliares e aliados. O secretário-chefe de Gabinete do Governo, Nonato Bandeira, criticou o que chamou de falta de capacidade administrativa da prefeitura. Tom reproduzido também pelo líder do governo na Assembleia Legislativa, Hervázio Bezerra (PSB). “O prefeito Luciano Cartaxo tem sorte de ter Ricardo Coutinho no governo fazendo as obras que caberiam à prefeitura”, disse. As obras na Perimetral Sul foram iniciadas em 2013. Nesta segunda-feira, Ricardo atribuiu o atraso na entrega aos problemas gerados pela rescisão do contrato com construtora contratada inicialmente para tocar a obra.

Josival

O secretário de Comunicação da Prefeitura, Josival Pereira, por outro lado, desmentiu o interesse da prefeitura na descontinuidade das obras do governo. Ele alega que a iluminação da Perimetral Sul foi instalada pela prefeitura, virtualmente adotando um serviço que seria do Estado. Pereira também tem criticado o que chama de uso político da decisão da Semam. Ele alega que no mesmo dia em que foi embargada a obra, ela foi desembargada por decisão do secretário Abelardo Jurema Neto. O prefeito Luciano Cartaxo é virtual candidato ao governo, em 2018, representando as oposições.

Mais Notícias

COMENTÁRIOS

  1. Avatar for Suetoni
    JOão de Tota

    Pensei que tinha votado num homem, mas votei num covarde.

  2. Avatar for Suetoni
    saulo Tarso de Oliveira

    esta Eleição (campanha) de 2018 promete muito …………e muito mesmo

Comente
O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados com *