Após perceber esvaziamento, PP rejeita secretaria em Campina Grande

Romero Rodrigues havia acolhido indicação para a Secretaria de Desenvolvimento Econômico

Rosália Lucas não vai mais assumir uma secretaria na Prefeitura de Campina Grande. Foto: Divulgação

O Partido Progressista (PP) mandou um recado para o prefeito Romero Rodrigues (PSDB): não quer mais o comando da Secretaria de Desenvolvimento Econômico. Uma fonte do partido apresentou como justificativa o esvaziamento da pasta antes ocupada por Luiz Alberto Leite. A fonte do descontentamento é o fato de o prefeito ter desmembrado atribuições da pasta para uma nova, que vai cuidar da relação com a iniciativa privada, como é o caso das Parcerias Público Privadas e a consolidação do polo empresarial do Complexo Aluízio Campos.

O PP tinha indicado para a pasta a empresária e publicitária Rosália Lucas, cuja portaria já estava assinada e a posse prevista. Uma liderança do partido, ouvida pelo blog, revelou que sob a nova concepção, a pasta não interessa ao partido. “Não estamos em busca de um espaço na gestão apenas para dar emprego a alguém. Queremos contribuir com o governo municipal”, disse. O partido participou da disputa da reeleição de Romero Rodrigues com a indicação do vice na chapa, com Enivaldo Ribeiro. Ele é pai dos deputados Aguinaldo Ribeiro (federal) e Daniella Ribeiro (estadual), ambos filiados ao PP.

Em nota, na semana passada, o prefeito Romero Rodrigues disse que as alterações na equipe foram pensadas para ampliar a capacidade de sua gestão de dialogar com o setor produtivo, além de agregar reforços dentro da política de atração de investimentos. O prefeito garantiu, também, que as alterações não implicarão em custos adicionais para a máquina administrativa, já que a estrutura atual da Prefeitura, no máximo, passará por ajustes no aproveitamento de cargos e funções já existentes.

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *