Ricardo cria delegacias, batalhão e companhias da PM para reforçar segurança

Medida publicada no Diário Oficial se dá pela necessidade de expandir a ação da polícia no Estado

Ricardo Coutinho deu declarações recentes de que o Estado tem registrado reduções nos registros de crimes. Foto: Francisco França

O governador Ricardo Coutinho (PSB) anunciou neste sábado (30) a criação de novas estruturas para o reforço da atuação policial. Foram criadas Delegacias Seccionais em Campina Grande e Solânea; o 15º Batalhão de Polícia Militar em Esperança e sete Companhias Independentes de Polícia Militar. O decreto disciplinando a fundação das novos órgãos foi publicado na edição deste sábado do Diário Oficial do Estado. O anúncio é feito no momento em que se tornam comuns, na região, os registros de explosões a bancos. Durante entrevista recente, em Campina Grande, o governador garantiu que a Paraíba é a única entre as unidades da Federação, no Nordeste, a registrar quedas nos índices de violência todos os anos desde 2011.

O decreto assinado pelo governador justifica a criação da nova estrutura como uma necessidade de “dar resposta hábil e célere na defesa dos direitos atinentes à vida, ao patrimônio público e privado (nas cidades)”. No ato, o governador a necessidade de “expansão da política de compatibilização e integração territorial dos territórios integrados de Segurança Pública e Defesa Social (TISPs)”. Destaca os indicadores populacionais e a área de distribuição para justificar a criação das estruturas nas cidades interioranas. “É importante lembrar que de janeiro a agosto deste ano, que nessa regional tivemos redução dos crimes contra o patrimônio de 33%. Só um crime que é o de roubo de veículos que aumentou, mas o roubo em transporte público também caiu, reduzimos em 62%”, disse Ricardo, em Campina Grande.

Confira a estrutura criada

. 21ª Delegacia Seccional de Polícia Civil, com sede em Solânea;
. 22ª Delegacia Seccional de Polícia Civil, com sede em Campina Grande;
. 15º Batalhão de Polícia Militar, com sede em Esperança;
. Sete Companhias Independentes de Polícia Militar, Unidades Operacionais em nível tático nas Áreas Integradas de Segurança e Defesa Social;
. Em nível tático, 22 Áreas Integradas de Segurança Pública e Defesa Social (AISPs).

 

Imagem: Reprodução

9 comentários - Ricardo cria delegacias, batalhão e companhias da PM para reforçar segurança

  1. Maria Bernadete Olivira Medeiros Disse:

    De que adianta criar delegacias, batalhões, companhias, etc, se não tem efetivo suficiente para suprir essas estruturas, não tem nem nas que já existiam.

  2. Maria Bernadete Oliveira Disse:

    De que adianta criar mais delegacias, companhias, batalhões, se não efetivo suficiente para suprir essas estruturas, já não tem nem nas que já existiam.

  3. JOSE Disse:

    MEDIDA POLITICO/PALEATIVA.
    Porque não extingue a “MP 242, de 26 de janeiro de 2016, convertida na Lei nº 10.660/2016, suspendeu todas as promoções, progressões e congêneres dos servidores públicos estaduais”.INSTITUÍDA PELO GOVERNO RC e EMBASADA PELOS SENHORES DEPUTADOS.
    O que retomaRIA o direito de todos , TODOS, os servidores , devolvendo-lhes o direito constitucional DE TRATAMENTO IGUALITÁRIO PREVISTA NA CONSTITUIÇÃO aos dos poderes legislativo e judiciário(QUE GANHAM MELHORES SALÁRIOS QUE OS SERVIDORES DO EXECUTIVO – VER SAGRES PB)

  4. Jessica R. Silva Disse:

    Só acho que prédio vazio não adianta de nada, de adianta ele fazer essas maquiagem toda se o maior problema é a falta de efetivo, tá na hora de deixar essas propagandas enganosas de lado e começar a trabalhar de verdade.

  5. jailson ramos Disse:

    sera que sape vai ganha alguma coisa em segurança

  6. Mércia Disse:

    AGORA? só por que o ano das promessas (Eleições) está aí…

  7. Ricardo Disse:

    Medida INEPTA e que se torna mais uma enganação com a população da Paraíba que espera medidas que coadunem com as necessidades de redução da criminalidade.
    Ato puramente politico para agradar correligionários

  8. Isso, com todo respeito, ostece ser só marking criado a canetada. As pessoas que residem João Pessoa estão sitiadas e assustadas e na certa saberão cobrar nas próximas a promessa não cumprida pelo governador na área de segurança.

  9. Isso, com todo respeito, parece ser só marking criado a canetada. As pessoas que residem João Pessoa estão sitiadas e assustadas e na certa saberão cobrar nas próximas eleições a promessa não cumprida pelo governador na área de segurança.

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *