Deputado do PEN vê com desconfiança filiação de Bolsonaro ao partido

Dirigentes do partido vão se reunir para definir posição coletiva sobre a filiação

Branco Mendes diz que não tem afinamento ideológico com Jair Bolsonaro. Foto: Roberto Guedes/ALPB

O deputado estadual Branco Mendes viu com desconfiança a notícia de filiação do deputado federal Jair Bolsonaro (RJ) ao PEN. A sigla tem dois parlamentares na Assembleia Legislativa, na Paraíba. Além de Mendes, figura nos quadros da legenda Edmilson Soares. Sem querer fechar questão em relação ao assunto, o parlamentar deu a entender que poderá haver desembarque coletivo da agremiação. “Não tenho afinamento política com as ideias do deputado Bolsonaro, mas creio que temos que tomar uma posição coletiva”, destacou o deputado estadual, ressaltando que ainda vai esperar a notificação oficial da Executiva Nacional do Partido.

Caso a filiação de Bolsonaro seja efetivada, o partido deverá mudar de ideologia. Atualmente, a sigla milita sob a bandeira ecológica. O nome do partido também deve mudar para Patriotas, por influência do parlamentar carioca. O deputado federal trabalha para ser candidato à Presidência da República no ano que vem. Ele deixa o PSC por conta das divergências com o presidente nacional do partido, o Pastor Everaldo. Ele disputou as eleições em 2014 e foi alvo de acusações de recebimento de “caixa 2” nas delações da Odebrecht. O PSC é uma denominação com interlocução majoritária com os evangélicos.

Jair Bolsonaro (PSC-RJ) posa para fotos com o ex-vereador Santino durante visita a João Pessoa em 2016. Foto: Rizemberg Felipe

O PEN foi fundado em 2012 pelo ex-deputado Adenilson Barroso, ex-PSC. A bandeira principal do partido é a questão do meio ambiente. O partido, agora, caminha para uma mudança radical de perfil. Troca o verde puro pelo verde oliva. A sigla mantém três deputados federais e 15 estaduais. A expectativa é que as filiações de pessoas simpáticas a Bolsonaro aplaquem eventuais defecções causadas pela mudança de perfil do partido. Na Paraíba, Branco Mendes evita fechar questão em relação à sua permanência na sigla. Ele deixa claro, no entanto, que qualquer decisão deverá ser fundada na opinião da maioria da agremiação.

Com informações de Angélica Nunes, do jornaldaparaiba.com.br

3 comentários - Deputado do PEN vê com desconfiança filiação de Bolsonaro ao partido

  1. Sai Branco Mendes e entra nosso futuro presidente Bolsonaro. Branco, procura outra legenda de ratazanas, tais: PT, PMDB, PSDB, PSOL, PC do B, den
    tre outras porcaria que empoprcalham a política brasileira.

  2. FRANCISCO DAS CHAGAS DE MELO SOUSA Disse:

    Seria como se o time contratasse o Messi e o Chico pezão pedisse pra ir embora, mais ou menos isso!

  3. Disse:

    Engracado certos tipos…O quase desconhecido PEN tem apenas 3 deputados. Com Bolsonaro milhates podem se filiar. O Partido pode bombar em 2018. Quem disse que abandonara a preocupacao ambiental? Agora isso tem que ser a ideologia do partido? E o povo?seguranca? Emprego? Educacao? Saude?? O PEN com essa ideia pretende crescer quanto?? O tipo e deputado estadual e quer dar pitaco na comando nacional da agremiacao! Ja procurou saber opensamento do Mito sobre a questao ambiental? Sera que o Patriotismo nao abarca tambem o Verde? Mas cuidado! Pense 2 vezes antes de fazer piadinha sobre o Exercito Brasileiro! Exercito de Caxias, Exercito Verde Oliva…pode acabar sem os dentes…
    VIVA BOLSONARO!!!

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *