Deputado do Pará tatua ‘Temer’ no ombro e diz que não é hipócrita

Wladimir Costa integra tropa de choque da defesa de Michel Temer na Câmara

Imagem: Reprodução/Facebook

O deputado federal Wladimir Costa (SD-PA) tem compromisso certo para a próxima quarta-feira (2). Ele estará na linha de frente contra a admissibilidade do processo contra o presidente Michel Temer (PMDB). Ao contrário da maioria dos 513 parlamentares, ele não nega suas posições. É a favor do gestor, a quem chama de “melhor presidente da história do Brasil”. “O único estadista que apareceu neste país”, disse à coluna Expresso, da Revista Época. Mas fazer uma declaração pró-Temer parecia pouco. Ele tatuou o nome do presidente abaixo da bandeira do país. A “obra de arte” custou R$ 1,2 mil ao parlamentar, que integra a tropa de choque do peemedebista.

A tatuagem foi exibida publicamente, pela primeira vez, no último sábado. Ele apareceu com camiseta regata, bermuda jeans e uma lata de cerveja na mão durante solenidade na cidade de Salinópolis, no Pará. O evento era para a entrega de caminhões de lixo no município paraense. Desde então, ele vem travando o confronto nas redes sociais. Tem rebatido os críticos e comemorado as palavras de conforto de aliados. Um deles escreveu que o parlamentar tem descontentado petistas incomodados com a saída do poder. Neste caso ele responde com a concordância, dizendo que tatuou o nome de Temer no ombro porque não é hipócrita.

Temer foi denunciado pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, por suposta prática de corrupção passiva. Ele foi gravado em conversa com o empresário Joesley Batista, da JBS. No áudio, segundo o Ministério Público Federal, ele conversou com o controlador do holding J&F a respeito da compra do silêncio de Eduardo Cunha. Além disso, teria autorizado o ex-deputado federal Rodrigo Rocha Loures a negociar propina de R$ 38 milhões com os irmãos Batista. A admissibilidade da denúncia será votada nesta quarta-feira. Caso 342 parlamentares votem favoravelmente, o Supremo Tribunal Federal (STF) poderá abrir o processo. Basta, para isso, que a maioria da corte tenha o mesmo entendimento.

5 comentários - Deputado do Pará tatua ‘Temer’ no ombro e diz que não é hipócrita

  1. Cícero Disse:

    O tatuado só não disse quanto dinheiro recebeu do golpista Temer para fazer uma bost#@ dessa. Esse é o tipo de imbecilidade patológica. Não sei se a isso chamo de palhaçada, hipocrisia ou estupidez.

    Vai acabar apanhando do povo nas ruas; espero que isso não aconteça, mas bem que merece !!

  2. SEVERINO CASSIMIRO Disse:

    É tanta safadeza neste país que é melhor nem comentar. esse a ir não é um hipócrita é jumento.

  3. J. Cavalcanti Disse:

    Os sinônimo mais qualificados a classe política desse país:
    Usurpadores;
    Intratantes;
    Corruptos;
    Ladrões;
    Sem vergonha;
    Imorais;
    Indecentes;
    Mentirosos;
    Traiçoeiros;
    Raça de víboras;
    Covil de raposas;
    Entre outros adjetivos que os qualificam.

  4. Lindenberg Mendonça Disse:

    O pior de tudo isso, é que há um grande risco dessa gazela bombada ainda ser eleita pra alguma coisa, em futuras votações! Lamentável. Eita povo ignorante e de memória curta. Uma vergonha.

  5. Luis Jorge Costa Barbosa Disse:

    Que os paraenses não se esqueçam da burrice deste deputado. Ele ainda afirma que Temer tem mais de 80% de aprovação do seu governo no estado do Pará, se isto realmente for verdade, que eu acredito que não é, é lamentável tudo isto. Mas aqui fala um leigo da política, então ficarei calado.

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *