Desafio: Ricardo diz que se terceirização não der certo, deixa o governo

Sobre provocação de Cartaxo, Coutinho desafiou adversário a deixar o mandato se estiver mentindo

O governador Ricardo Coutinho fez críticas ao prefeito Luciano Cartaxo durante solenidade. Foto: Francisco França

O governador Ricardo Coutinho (PSB) lançou um desafio para os seus adversários políticos, notadamente, o prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PSD). O gestor pessoense é virtual candidato das oposições ao governo do Estado e tem feito críticas à terceirização da Educação. Durante solenidade para o anúncio de 150 vagas de concurso, nesta segunda-feira (24), o prefeito voltou a criticar o governador. “Enquanto a prefeitura faz concurso, o estado terceiriza”, disse. Ao ser abordado sobre o assunto, Coutinho prometeu mostrar resultado da terceirização em semanas. E foi além, ressaltou que se não conseguir, topa deixar o governo.

“Farei uma aposta a deputado, farei uma aposta com o prefeito de João Pessoa (Luciano Cartaxo). Faria com qualquer autoridade que tivesse mandato. Se não for isso o que eu estou dizendo, eu perderia o mandato. Agora, se for isso, eles assumam o compromisso de sair do mandato e fazer um bem ao povo para deixar de trabalhar com mentiras e fazer um bem à sociedade”, ironizou Ricardo Coutinho. A provocação foi feita após ele discorrer sobre o rosário de críticas que vem recebendo por causa da proposta de terceirização na Educação. O gestor alega que a medida trará benefícios para os prestadores de serviço, ao contrário do que ocorre hoje, porque eles passarão a ter direitos trabalhistas.

Críticas

As críticas do governador foram direcionadas principalmente a Luciano Cartaxo. O prefeito tem feito declarações contrárias à terceirização. Para ele, o modelo de contratação demonstra a falência da capacidade administrativa da prefeitura. “O prefeito Cartaxo tem uma dificuldade muito grande de compreensão das coisas. Ou pior ainda, se compreende, ele está simplesmente manipulando a verdade. É por que ele não sabe o que é terceirização. Aliás, ele sabe de muito pouca coisa. Basta olhar para a cidade de João Pessoa que você compreende isso. O que estou fazendo é retirando os trabalhadores de situação precarizada e dando a eles exatamente a regularização”, disse.

Ricardo Coutinho explicou que a terceirização não vai alterar a situação dos professores e da direção das escolas. Por outro lado, apresenta dados preocupantes sobre a capacidade técnica dos professores que prestam serviço à educação, atualmente. Segundo ele, se for realizado concurso, entre 90% e 95% dos profissionais não serão aprovados e terão que deixar o serviço público. Ele justifica que a reprovação ocorreria por conta da alta competitividade nas seleções. Para rebater as críticas, o governador falou ainda da reforma de 55 escolas e assegurou que a terceirização fará com que os serviços de reparo nas instituições de saúde sejam mais rápidos.

 

17 comentários - Desafio: Ricardo diz que se terceirização não der certo, deixa o governo

  1. Lucas Silva Disse:

    Ricardo é muito incoerente, ele acha certo não fazer concurso e ainda admite que é para os cabos eleitorais dele não ficar de fora, só na PB tem isso. Estudantes, concurseiros e demais ligado a educação, ano que vem não vote nesse homem e nem em quem ele indicar, vamos mostrar nossa indignação.

  2. maria rita Disse:

    Que lindo!!!! Vou acreditar nele de novo. Em seis meses do primeiro mandato acabar coma violência no Estado, duplicar o salário do professores no 2° mandato, reajuste salarial em janeiro de cada ano por lei dele em que descumpriu a própria lei que criou, Esse governante não cumpre nem ordem judicial transitada e julgada como do IPEP/IASS, agora quer ganhar dinheiro(propina) das empresas que vão ganhar apenas para mandar os professores trabalharem de graça.Quanto é que a CRUZ VERMELHA repassa de propina para Ricardo Coutinho por dividir o bolo?

  3. adjailson de oliveira araujo Disse:

    tu ta querendo e acabar com concurço publico e coloca os padrim

  4. Cícero Disse:

    O prefeito Luciano Cartaxo só começou a sonhar com o Palácio da Redenção depois que RC revelou que não pretende candidatar-se ao governo em 2018. Desde então, o prefeito de João Pessoa viu nascer a possibilidade de disputar e, quiçá, vencer o pleito que se avizinha, tornando governador.

    O fato é que não só Cartaxo, mas também toda a oposição sabem que, com Ricardo Coutinho fora do páreo, as chances de vitória são grandes. É essa a principal razão pela qual o prefeito pessoense anda por aí cantando de galo e esbravejando contra o chefe do executivo estadual.

    Calma, sr. prefeito, vá devagar com suas críticas oportunistas e frases de efeito, pois “política é como nuvem, você olha e ela está de um jeito; olha de novo e ela já mudou”.

    Assim, uma situação que, hoje, lhe é favorável pode, amanhã, não o ser mais. Portanto, quando for atacar publicamente qualquer adversário político, pense muito antes no que vai dizer porque o tiro pode sair pela culatra, vale dizer, certas declarações irrefletidas podem servir depois de munição para o seu desafeto.

    Senão, vejamos: e se o governador Ricardo Coutinho, de uma hora para outra, recua e decide lançar sua candidatura à reeleição para o governo no próximo pleito??!! Se isso ocorresse, sr. Cartaxo, V. Sª não teria chance alguma, seria fatalmente vencido, pode ter certeza disso !!!

    RICARDO COUTINHO, melhor e mais competente gestor da Paraíba, de todos os tempos !!!

    O resto é inveja e oportunismo.

  5. juliana Disse:

    acho que vai fazer um caixa dois dessa empresa que vai gerenciar os funcionários da educação, isso sim; se não tem competência para administrar o estado, que saia logo do governo, pq privatizar não é dever de um governador competente!

  6. Eliabe Disse:

    Hipocrisia pura, ele já vai sair de qualquer forma!!!

  7. irmão Nildo Disse:

    olha vejo um ser humano em Ricardo. se olharmos foi ele que começou com a organização da capital João Pessoa. um gestor que tem dialogo, obras que engrandece o estado. faço a defesa pelos serviços prestados aos irmãos Paraibanos, espero que ele consiga com o reconhecimento dos paraibanos eleger o seu sucessor a governo do estado. Ricardo você tem serviços prestados.

  8. Os defensores públicos inativos já faleceu quase todos de tanta pressão por parte deste governo nazista, os Tribunais Superiores manda que ele equipare os salários dos inativos aos ativos e ele não da a mínima atenção as decisões da Justiça.

  9. maria rita Disse:

    Que lindo!!! Esta coluna está cheia de CODIFICADOS defendendo até uma terceira eleição consecutiva do Rei cardo Coitinho. Rei cardo Coito não obedece as leis, todo mundo sabe… mas seus pupilos rasgar as leis eleitorais para criar o TERCEIRO REICH (Cícero disse) só para o nacional-socialista (nazista) assumir o terrorismo na Paraíba, já e demais…

  10. Cláudio Disse:

    Aceita o desafio vocês da operação

  11. Cláudio Disse:

    O desafio foi feito, vocês da oposição precisão aceita

  12. maria rita Disse:

    Como disse o site da APLP – “A TERCEIRIZAÇÃO (com a sinestesia de PACTUAÇÃO) é um ótimo negócio para o governante e seus sócios”. Lá vem a propina das empreiteiras (de novo) para financiar e sobrar dinheiro da campanha do SEM ANADOR. Vou urgente na junta comercial inscrever minha nova firma para ADMINISTRAR E mandar os professores trabalharem de graça para o Estado da Paraíba, meu maior concorrente vai ser o Presidente da APLP que já decretou ser sócio de Ricardo Coutinho nesta EMPREITADA. Valha-me Jesus Cristo, dinheiro público neste país é como água de chafariz – não tem dono.

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *