Bayeux: prefeito em exercício exonera secretários e fará fusões em pastas

Poucos dos secretários exonerados retornarão ao cargo após a reforma

Luiz Antônio apresentará relação de novos secretários na próxima semana. Imagem/Reprodução/TV Cabo Branco

O prefeito em exercício de Bayeux, Luiz Antônio (PSDB), decidiu exonerar todos os secretários da administração municipal. Ele assumiu o cargo após o afastamento do titular do cargo, Berg Lima (Podemos). O gestor foi flagrado durante operação coordenada pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público, enquanto recebia propinas de um fornecedor da prefeitura. O objetivo do vice, agora na titularidade do cargo, é enxugar a folha. Atualmente a prefeitura dispõe de 18 secretarias e o esboço que o gestor tem nas mãos prevê a fusão de algumas delas. Poucos dos secretários exonerados nesta quinta-feira (13) retornarão aos cargos.

Luiz Antônio explicou que a medida é natural e se faz necessária diante da importante reforma administrativa em andamento no município. O anúncio do novo secretariado será feito a partir das 10h, no Paço Municipal, na próxima terça-feira (18). As medidas administrativas do novo gestor correm em paralelo à tentativa de Berg Lima para voltar ao cargo. Nesta semana, o advogado Shayner Asfora protocolou no Superior Tribunal de Justiça (STJ) um pedido de habeas corpus para o gestor. Berg foi afastado do cargo após pouco mais de seis meses à frente do cargo de prefeito da cidade metropolitana.

 

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *