Romero diz que “fantasmas” nas licitações foram da gestão de Veneziano

Campina Grande ficou em segundo lugar entre os alvos dos licitantes “laranjas”

Auxiliares do prefeito Romero Rodrigues culpam a gestão anterior por licitações suspeitas. Foto: Divulgação/CBN

O prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues (PSDB), atribuiu o “laranjal” nos processos licitatórios do município ao antecessor. A cidade fica em segundo lugar no Índice de Derrotas dos Licitantes, elaborado pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE). Uma varredura realizada pelo órgão de controle detectou a existência de 275 empresas que nunca ganharam uma única licitação, mesmo tendo concorrido em 2.843 certames. Neste universo, a Rainha da Borborema aparece como a segunda cidade com maior número de licitações com a participação de empresas suspeitas. Foram 80 ao todo, ficando atrás apenas de Santa Cecília, com 94. São Bento, no Sertão, fica em terceiro lugar, com 75 licitações suspeitas.

O secretário de Administração de Campina Grande, Paulo Roberto Diniz, verbalizou a posição da prefeitura. Ele garante que a quase totalidade dos processos sob suspeita dizem respeito à gestão do ex-prefeito Veneziano Vital do Rêgo (PMDB), que comandou a cidade entre 2004 e 2012. Ele explicou que do total de 80 licitações “apontadas pelo TCE ao município de Campina Grande, 50 são atinentes à Prefeitura. O detalhe é que, em pelo menos 42 situações (em mais de 80% dos casos), a modalidade levada a efeito foi o do convite na administração Veneziano Vital – no qual, não há publicidade do ato e as escolhas ficaram sempre a critério do gestor”.

“Na administração do prefeito Romero Rodrigues, a modalidade preferencial e expressamente recomendada pela Secretaria de Administração é o do pregão, modalidade que compulsoriamente faz uso da publicação de editais no semanário, no Diário Oficial do Estado (DOE), no Diário Oficial da União (DOU) e nos jornais de grande circulação”, destaca o secretário.

 

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *