Cotado para ministro, André Amaral vai disputar vaga de deputado estadual

Parlamentar chegou ao cargo após renúncia de Manoel Júnior

André Amaral conquistou pouco mais de 6,5 mil votos nas eleições deste ano. Foto: Divulgação/Câmara dos Deputados

O deputado federal André Amaral (PMDB) parece estar convencido de que um raio não cai duas vezes no mesmo lugar. Dono de um mandato conquistado com apenas 6.552 votos e cotado para assumir o Ministério da Cultura, o parlamentar faz planos para disputar vaga na Assembleia Legislativa. Ele chegou ao cargo na Câmara dos Deputados na base da sorte. O antigo titular do mandato, Manoel Júnior (PMDB), dono de 105.693 votos, renunciou ao mandato para assumir o cargo de vice-prefeito de João Pessoa. O posto, então, caiu no colo de Amaral. O último eleito, na Paraíba, foi Benjamin Maranhão (SD), dono de 63.433 votos.

André Amaral deve fazer dobradinha com o deputado federal Veneziano Vital do Rêgo. O peemedebista faz planos de disputar a reeleição. Foi pelas mãos do ex-cabeludo, inclusive, que Amaral chegou ao cargo enquanto suplente. Se assumir o Ministério da Cultura, vai levar o título para o resto da vida. Durante entrevista neste fim de semana, compartilhada nas redes sociais, ele admite que seu projeto não é a reeleição. Vai disputar uma das 36 vagas na Assembleia Legislativa. Mesmo assim, terá que superar a marca anterior para ser eleito. O deputado eleito com a menor votação, no último pleito, no Legislativo estadual, foi Bosco Carneiro, dono de 13.307 votos.

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *