Vereadores entram de recesso, mas evitam falar em “folga”

Marcos Vinícius diz que projetos devem ser votados após fim do recesso

Marcos Vinícius (C) não quer ouvir falar em folga durante o período de recesso. Foto: Olenildo Nascimento

O presidente da Câmara de João Pessoa, Marcos Vinícius (PSDB), tem demonstrado ojeriza à palavra “folga”. Os vereadores entram de recesso, oficialmente, na próxima segunda-feira (12), mas, na prática, não têm trabalho a partir desta sexta-feira (9). Apesar disso, o dirigente falou que não haverá férias e todos foram convocados para manter os trabalhos. Além do funcionamento da comissão de recesso, ele alega que haverá atuação dos parlamentares nas comissões que revisam o Regimento Interno do Legislativo Municipal, a Lei Orgânica do Município e as leis em desuso, as chamadas leis caducas. Todos foram orientados a limpar a pauta antes da volta das atividades parlamentares, no final de julho.

“As comissões deverão se reunir ao longo das semanas com a finalidade de concluir os trabalhos antes do fim do recesso. Queremos voltar em julho com o novo Regimento Interno, uma nova Lei Orgânica e uma legislação sem leis caducas”, anunciou Marcos Vinícius (PSDB), deixando claro que todos os projetos têm que estar prontos para votação após o fim do recesso. O vereador diz também que estarão em funcionamento as frente parlamentares instaladas pela Casa. Só o plenário e as comissões permanentes não estarão funcionando.

comentários - Vereadores entram de recesso, mas evitam falar em “folga”

  1. alberto corte real Disse:

    e os funcionários públicos? vão entrar em recesso quando?

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *