Ricardo diz que demitiu metade dos agentes do Lar do Garoto

Governador diz que as causas dos crimes estão sendo investigadas

Ricardo Coutinho cobra ajuda de outros órgãos diretamente relacionados com a ressocialização dos menores. Foto: Francisco França

O governador Ricardo Coutinho (PSB) revelou nesta sexta-feira (9) que demitiu metade dos agentes socioeducativos do Lar do Garoto. A unidade de internação de jovens infratores, localizada em Lagoa Seca, foi palco de uma tragédia no último sábado (3). Ao todo, sete jovens morreram durante uma revolta (cinco carbonizados e dois esquartejados) e seis fugiram durante a madrugada. Nesta quarta-feira (7), ainda em meio às polêmicas da primeira ação, outros quatro menores fugiram. O socialista disse que as responsabilidades serão apuradas, para ver onde estava a falha. Ele lembra que o movimento foi iniciado por 16 internos e havia 19 agentes presentes. “Por que eles não contiveram?”, questionou.

Desde que o problema foi iniciado, o governador fez duas mudanças na direção da Fundação de Desenvolvimento da Criança e do Adolescente (Fundac). No Diário Oficial do Estado de terça-feira (6) foi publicada mudanças na diretoria técnica da fundação, com a nomeação de Gilvaneide Nunes da Silva em substituição a Denise Miranda Ramos Lucena. Nesta sexta, foi exonerada a vice-presidente, Deborah Vivianne Cândido Estrela. Ela foi substituída por Isaac Venerando Pereira de Lima.

 

comentários - Ricardo diz que demitiu metade dos agentes do Lar do Garoto

  1. Roberto Alvez Disse:

    Ricardo é um Governador no que se refere a obras e economia, agora na Segurança pública ele é muito incompetente e omisso, futuramente isso vai pesar contra ele nas próximas eleições assim como pesou em 2016.

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *