Prefeito de Bayeux faz enquete para a população decidir sobre presídio federal

Enquete vai aferir o humor da população em relação à construção do presídio

Representantes do Ministério da Justiça tiram dúvidas sobre presídio federal. Foto: Duvulgação/Prefeitura de bayeux

Agora virou moda. Depois de o prefeito de São Bento, Jarques Lúcio (DEM), fazer uma enquete para saber da população se ela queria festa ou uma ambulância, agora chegou a vez de Bayeux, na Região Metropolitana, fazer o mesmo. O prefeito Berg Lima (Podemos) colocou uma enquete no portal oficial do município perguntando se as pessoas são a favor ou contra a instalação de um Presídio Federal de Segurança Máxima na cidade. O tema ganhou repercussão negativa recentemente e mereceu até campanha nas redes sociais contra a iniciativa. O Ministério da Justiça promoveu uma audiência pública na cidade, nesta quinta-feira (1°), para debater o assunto.

O placar, por enquanto, é majoritariamente contrário à instalação do presídio na cidade. São 57% contra, 33% a favor e 10% se posicionando de forma indiferente ao assunto. Durante a audiência pública  desta quinta-feira, Berg Lima defendeu a realização de um referendo com a população. Isso deverá ocorrer, segundo ele, depois de as pessoas avaliarem bem as vantagens e desvantagens do projeto. Nesta semana, ele viajou para Mossoró, no Rio Grande do Norte, com vereadores da cidade, para avaliar a experiência do presídio federal existente na cidade. Segundo o prefeito, foram ouvidas as pessoas que moram no entorno do presídio.

Na audiência desta quinta-feira, o agente federal de execução penal do Departamento Penitenciário Nacional (Depen) do Ministério de Justiça (MJ), Felipe Abath, apresentou o Sistema Penitenciário Federal e esclareceu os benefícios sócio-econômicos relativos à implantação para a cidade. “Bayeux atendeu aos requisitos em sua integralidade por ter baixo custo de engenharia para a penitenciária e por ter proximidade ao aeroporto. Além disso, um dos fatores importantes será a geração de empregos diretos e indiretos”, disse.

Participaram também da audiência o Diretor da Penitenciária Federal de Mossoró, Nilton Azevedo; o presidente da Câmara Municipal de Bayeux, vereador Noquinha; o Presidente da Comissão de Seguranca Pública, Vereador Roni Alencar; o Representante da OAB Paraiba, advogado Maxwell Estrela; o Comandante da 4ª Companhia Independente de Polícia Militar, o capitão Túlio Ramalho; o Deputado Estadual, João Gonçalves; e a Juíza, Conceição Marsicano.

7 comentários - Prefeito de Bayeux faz enquete para a população decidir sobre presídio federal

  1. Eduardo Disse:

    Interessante essa ideia de presidio federal na cidade de Bayeux, no meio de uma concentração populacional densa, as margens de rodovias, rios, porto, aeroporto, fronteiriça com João Pessoa, Recife, Natal, saída para o interior e sertão, bastante central, agora me digam, todos os riscos à população foram calculados, onde seria construído?, De quem será a responsabilidade de vigiar os delinquentes que habitarão o presidio?, são interrogações que devem ser levadas em consideração na hora de calcular os custos benefícios para a cidade de Bayeux, entre outros pontos que com certeza povoam a mente da sociedade de Bayeux, concordam comigo.

  2. Não moro na cidade por isso não acho o que comentar. O assunto causa muita polêmica.

  3. Rafaela Fernanda Disse:

    Se em mangabeira tem, no roger tem,Campina grande tem, em várias cidades tem.Qual o motivo que bayeux também não possa ter? Se alguém que se elegi não faz nada o povo fala, se quer fazer fala também, o povo mal resolvido. Eu sou a favooor.

  4. Graca Disse:

    Não entendo. Que em Bayeux até hoje não foi construída casas populares pela céu SP por não ter terreno para isso. Agora vai aparecer para construir presídio?
    Sou totalmente contra pois este terreno deveria ser usado pras casas populares pras pessoas de baixa renda.

  5. Cidadão paraibano Disse:

    Esse mostra o quanto entende de segurança… Quanta ignorância…

  6. Luciano Disse:

    As Penitenciárias Federais do Brasil ate hoje dentre as suas estatisticas tem as vseguintes: 0% de fuga, 0% de rebelião e 0% corrupção. Os presideos federais em nada se compararam com os estaduais.
    O corpo de profissionais é formado por agentes federais, homens altamente capacitados para o serviço.

  7. Essa enquete está muito estranha, não creio que o povo de Bayeux seja tão ingênuo de aceitar um presídio federal,tudo bem segurança total zero de fuga agentes altamente treinados ohhh que lindo maravilhoso ótimo.

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *