Após saída conturbada da Arquidiocese, Dom Aldo deve prestigiar posse de Dom Delson

Religioso foi acusado de acobertar casos de pedofilia na Igreja

Dom Aldo Pagotto denunciou ao mandato em meio a denúncias de pedofilia. Foto: Divulgação

O arcebispo emérito da Paraíba, Dom Aldo di Cillo Pagotto, é esperado para a posse do seu sucessor na Arquidiocese da Paraíba, Dom Delson, no próximo sábado (16). O religioso retornará a João Pessoa para uma atividade eclesial pela primeira vez desde que renunciou ao cargo, em 6 de junho do ano passado. Pagotto é acusado de ter acobertado casos de pedofilia na Igreja e de ter participado de orgias com jovens. As suspeitas são investigadas simultaneamente pelo Ministério Público do Trabalho, no que tange à exploração sexual de crianças e adolescentes, e pelo Ministério Público da Paraíba, que apura as acusações sob o ângulo criminal.

De acordo com fontes da Arquidiocese da Paraíba, a vinda do arcebispo emérito foi confirmada durante a última Assembleia Geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), realizada em Aparecida, em São Paulo. Ele teria comunicado a vinda e não requisitou hospedagem durante o período que estivesse em João Pessoa. A informação, porém, ainda não foi confirmada oficialmente pela Arquidiocese. A assessoria de imprensa revelou que a relação dos nomes confirmados só será consolidada na próxima quinta-feira (18). Além de Dom Aldo, foram convidados todos os bispos, arcebispos e arcebispos eméritos da Regional Nordeste II da CNBB, que inclui Paraíba, Pernambuco e Alagoas.

Arquidiocese

Dom Delson exibe chave durante evento. Foto: Leonardo Silva

A orientação da Arquidiocese da Paraíba é que os fiéis não compareçam à posse canônica, na Catedral Basília. Todos os bancos serão reservados aos padres, bispos, arcebispos e arcebispos eméritos. Só de padres, na Arquidiocese da Paraíba, são esperados 100 padres. São aguardados também religiosos de Caicó (RN) e Campina Grande (PB), cidades onde Dom Delson exerceu o cargo de bispo. A posse vai ser dada pelo Núncio Apostólico no Brasil (representante do Papa), Dom Giovanni d’Aniello. É nesta Celebração que Dom Delson deixa de ser o Arcebispo nomeado/eleito para ser, oficialmente, agora empossado, o arcebispo Metropolitano da Paraíba.

A sugestão é que os fiéis compareçam à celebração no Ginásio de Esportes o Ronaldão, no bairro do Cristo, em João Pessoa. A missa será celebrada por Dom Delson, já na condição de Arcebispo da Paraíba. Católicos de todas as quase 100 Paróquias da Arquidiocese da Paraíba vão estar presentes, além de participantes de Associações, Movimentos, Pastorais e Serviços da Arquidiocese da Paraíba.

Desconforto

A vinda de Dom Aldo para a posse de Dom Delson é vista como constrangedora por vários religiosos paraibanos. Durante o período em que esteve à frente da Arquidiocese da Paraíba, o religioso colecionou inimigos por causa das suas posições. As acusações de envolvimento com casos de pedofilia também são vistas com desconforto por padres e diáconos que conviveram com o hoje arcebispo emérito. Em meio a uma série de denúncias enfrentadas pelo religioso, ele renunciou ao cargo através de carta enviada ao Papa Francisco. O lugar dele foi ocupado provisoriamente pelo administrador apostólico Dom Genival Saraiva de França.

8 comentários - Após saída conturbada da Arquidiocese, Dom Aldo deve prestigiar posse de Dom Delson

  1. juliana Disse:

    TALVEZ DOM ALDO CONVERSE AO PÉ DE OUVIDO COM O NOVO ARCEBISPO DOM MANOEL DELSON, E ESCLAREÇA ALGUMAS PICUINHAS POLÍTICAS PAROQUIAIS, (PPP); E ´POR ISSO ALGUNS RELIGIOSOS E POLÍTICOS, DEVEM ESTÁ TEMENDO ESSA VINDA DE DOM ALDO, SABENDO QUE DOM ALDO NÃO TEM PAPAS NA LINGUA! KKKKKKK!!!

  2. JUNIOR BATISTA Disse:

    Ele chegou com tanta moral a paraíba e saiu sem nenhuma, eu participava da boate gls vogue no patio do palácio do bispo e os comentários eram um só a respeito da safadeza dele, ele se quer ser gay assuma e não viva envergonhando a igreja. e chegou cheio de razões politiqueiras. ele nao era nem pra vim aqui. fique onde está.

  3. Paulo Disse:

    Tais religiosos devem está se pelando de medo porque seus nomes já foram expostos e jogados no lamaçal. Todos sabem da trama e quem são os acusadores. Ferem todas as regras bíblicas e éticas por suas paixões e desejos inescrupulosos.
    Toda sociedade sabe que o ex Seminárista que acusa diversos padres e inclusive o bispo foi expulso do seminário por agredir um menor, em via pública, com quem tinha um relaciomento amoroso, uma pessoa simples e tão rapidamente se encheu de bens com apenas um emprego com salário mínimo, e a tal Mariana que nunca se quer viu os jovens que cita na tal falsa “carta denuncia” ou melhor carta diabólica.

    Qual interesse do advogado de padre Luiz Antônio de Oliveira, padre de Altiplano e Penha, em defender tanto o Jandeilson como a Mariana? Eles tem algo a esconder ou algo que não pode revelar por isso tantas manobras?
    Será que é medo de dizer quem são os religiosos hipócritas, víboras anônimos?
    E o Padre Virgílio de Almeida que traiu seu melhor amigo do clero, o qual batia São Paulo todo, juntinhos?
    Não foi o Vigílio que foi a nunciatura trair seu arcebispo pelas “trinta moedas de pratas”?
    São capazes de vender a alma ao diabo para terem o poder, dinheiro e mitra.
    Será que querem acesso novamente aos semináristas ? As verbas vindas da Alemanha? E o que mais?

    Hipócritas! Fariseus!

    E o Administradorsinho, servo subserviente do colégio de consultores?
    Para onde vai agora? Tomara que nenhuma diocese ou arquidiocese tenha o azar de passar por suas mãos.

    Certo fez Dom José Cardoso Sobrinho, arcebispo de Olinda e Recife. Quando expulsou de lá essa corja que tanto se opuseram a seu governo.

    Raça de víboras! Sepulcros caiados!
    Hipócritas!
    Fariseus! Bestas do apocalipse!

    Tanto mal vocês fazem a esta Igreja!

    Falam de misericórdia e amor mas destroem seu próximo. Falam de pobre mas não largam o osso das paróquias ricas.

    Quantos anos mais você Virgílio vai passar em santa Júlia? E você Luiz Antônio que dividiu a paróquia mas ficou com a área mais nobre da cidade.
    Tenham vergonha na cara seus caluniadores de bispos.

    Crápulas! Vocês enojam a Igreja.

    Tome cuidado Dom Delson! Tome providências já!

  4. O último comentário, muito forte porém verdadeiro… Se na realidade for para limpar só vai ficar a Mãe das Neves e São José. Porém, Dom Aldo não deveria ir para a posse do bispo não e DOm Genival assumiu bem no que fosse possivel como administrador.Dom Delson reveja as situações pendentes e mude todos os padres da arquidiocese.

  5. Betoven Disse:

    Quem não deve não teme!
    Venha Dom Aldo!

    Tribunal de Anás e Caifás!
    Tribunal de Julia e Penha!

    Colégio de meliantes com seu administrador ventríloquo. Desastres! tragédias! catástrofes!

    Só hipocrisia e farisaísmo!

    Perseguem semináristas expondo-os as feras e as necessidades mais básicas, escondendo o real por trás de uma discurso falacioso!

    Diáconos amordaçados e exilados. Tudo para o show do colégio dos consultores. Que se deleitam quais o Deocleciano!

    Desobediência ao direito de defesa. Medida dastrica quanto ao que fizeram ao bispo e outros sacerdotes.

    Covardes! Mostrem a cara! Sejam ao menos nessa hora homens!

  6. Dantas Disse:

    Tomará que esse Genival suma logo. Foi só desastre e favoreceu só o que é de mais abominável no clero dessa arquidiocese, Ele e Aldo fazem pareia, aparecer e se meter em política. Logo que chegou recebeu, para prestigiar e aparecer nas redes, um candidato a vereador representante do MEL apoiado nas campanhas municipais por Luiz Couto. Já mostra que lado ele está e qual o time dele.
    Sem falar das inúmeras denúncias abafadas no seu mandato interino, ainda bem que interino.
    Coitado de Dom Manoel Delson!
    Estará em um campo minado com esse colégio de consultores ( Dorgival Vicente Ferreira,
    Nereudo Freire Henrique,
    Geraldo Magela Christovam,
    Ivônio Cassiano de Oliveira,
    José Marcílio Carneiro Cavalcanti,
    Luiz Antônio de Oliveira,
    Virgílio Bezerra de Almeida.)
    Sem falar do esquema de tráfico de influência e de fofocaria dentro da cúria metropolitana. Há família inteira colocada por padres lá. Dão conta de tudo e são pau mandados.
    Será que ele governará? Ou será chapa PT e PMDB? Só roubalheira e corrupção!
    Tomem vergonha padres, vão crer e rezar mais, vocês nos envergonham como católicos, parece que só sabe tá tricotando com fofocas e contando dinheiro.

  7. Wanderlan Disse:

    As denúncias contra Dom Aldo iniciaram-se uns seis anos antes de sua renúncia. As arquidioceses vizinhas tomavam conhecimento do teor das denúncias frequentemente. Eram muito fortes e causavam espanto e vergonha. Não se atinham, entretanto, somente a questões morais como alguns podem imaginar. Não. Eram denuncias principalmente relacionadas a aspectos pastorais negligenciados ou em descompasso com a CNBB.Como Dom Aldo mesmo admitiu à revista Veja, recebia e ordenava com frequencia candidatos ao sacerdócio egresso de outras dioceses e congregações religiosas por terem sido delas preteridos. E se achava que rapidamente a nunciatura tomaria providencias. Ledo engano. Demorou muito. Veio a intervenção e um demorado processo que quase não tinha fim. Finalmente, quando , já quase não se esperava mais , aquele antístite , “por motivo de saúde”, apresentou a Francisco sua renuncia , conforme disposto do Direito Canônico. Que o novo bispo faça renascer a alegria do evangelho na Igreja particular da Paraíba, que já teve tantos santos pastores a conduzindo.

  8. Creuza Disse:

    Se o descompasso for em desconforme com a CNBB está ótimo. Igreja não é sindicato nem partido, nem uma ONG ,Já disse o Santo padre o Papa Francisco.
    As denuncias foi porque ele tirou o vigário geral na época, responsável pelas verbas da Alemanha, cuja a falecida irmã chefiava o seminário, o sobrinho era infiltrado na colégio Pio XII, estava a frente das verbas da igreja de Intermares, e perseguiu o padre João Andriola.
    Em descompasso com a CNBB porque tirou os movimentos bardeneiros das mamatas.
    Foi Dom Aldo que pagou a dívida da Arquidiocese e deixou ainda boa quantia, dívida essa feita por esse povo.
    Quanto ao acolhimento de outros religiosos isso se dá com frequência em todas arquidiocese ou dioceses. Por exemplo: o colégio de consultores ou melhor destruidores da arquidiocese de onde são eles? Já se questionou? Muitos disseram que vieram por perseguição teológica ou ideológica. Mentira!
    Vejam a matéria abaixo:
    http://epahey2015.blogspot.com.br/2016/11/e-mail-que-recebi-intitulado-pe-luiz.html?m=1
    Muitos expulsos por ter feito com Dom Aldo o que já tentará com outros bispos.
    Você sabe o que fizeram com o falecido e santo bispo Dom Marcelo?
    Foram os mesmos.

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *