Transposição: ministro adia para quinta-feira “festa da água” em Boqueirão

Helder Barbalho convidou parlamentares paraibanos para o evento que marcará a chegada das águas da transposição. Foto: Beto Barata/PR

O ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, adiou para a próxima quinta-feira (13), às 16h30, a festa para marcar a chegada das águas da transposição ao Açude Epitácio Pessoa, popularmente conhecido por Boqueirão. Os deputados federais e senadores paraibanos foram convidados pelo mandatário para a comemoração, que não ocorrerá mais no perímetro inicial do açude. O ato vai acontecer no balde do manancial, mesmo sem que a água da transposição tenha chegado lá ainda. O evento, segundo os organizadores, será simbólico. A tendência é que do ponto inicial até o volume morto, onde ainda resta água acumulada, se passem alguns dias para que Boqueirão receba contribuições do Velho Chico.

O senador Cássio Cunha Lima (PSDB) postou vídeo nas redes sociais, nesta terça-feira (11), falando da mudança no cronograma. Ele alegou problemas na agenda do ministro para vir à Paraíba. Inicialmente, o ato ocorreria no ponto inicial do açude, uma área de difícil acesso, a partir das 9h desta quarta-feira. O horário foi mudado para as 13h30, também desta terça. O cronograma foi mudado novamente no início desta tarde, com a mudança do ato para a quinta-feira. A data vai coincidir, também, com o poto facultativo da Prefeitura de Campina Grande, por causa do feriadão da Semana Santa. Há uma mobilização para que os servidores municipais participem do ato.

Aesa

De acordo com o cronograma repassado pela Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado da Paraíba (Aesa), as águas do Eixo-Leste da Transposição já estavam em Cabaceiras nesta terça-feira. A previsão é que elas cheguem no açude até sexta-feira, segundo previsão repassada recentemente. No último domingo (9), Helder Barbalho gravou um vídeo e postou em sua página oficial no Facebook para convidar os paraibanos para a solenidade, em atendimento “a toda a população de Campina Grande, trazendo tranquilidade hídrica e mais do que isso, cumprindo com aquilo que nós nos comprometemos”, destacou.

As águas do São Francisco deve aumentar a vazão do açude Boqueirão para abastecer Campina Grande e outros 18 cidades da região. A expectativa é de que o racionamento nesta cidades possa ser suspenso até 20 de junho.

Colaborou Angélica Nunes

2 comentários - Transposição: ministro adia para quinta-feira “festa da água” em Boqueirão

  1. Sidney Sheldon Disse:

    Esse aplicativo e otmo que pena que não podemos conpartilhar as informações.

  2. octavo Disse:

    No litoral paraibano, a cerca de 100 km de Campina Grande, tem água suficiente para abastecer a cidade e cidades vizinhas, água de primeira qualidade, vide livro Transposição do São Francisco, fala do Dr.João Alves, Ex-Governador de Sergipe, Ex-Senador, Ex-Ministro do Interior e tambem na fala do Dr. Manoel Bonfim, Ex-Diretor de Engenharia da CODEVASF. São água subterrâneas, pura, isenta de poluição, o que não ocorre com as águas de superfícies como no caso das águas do Velho Chico e tantos outros rios e açudes, que quando ocorre as chuvas, as águas carreiam tudo quanto é de porcaria para dentro dos leitos dos rios, riachos e açudes. Só se tem que fazer poços profundos e algumas adutoras, muito mais barato do que a Transposição.

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *