Vídeo mostra Bolsonaro sendo esnobado ao tentar tietar Sérgio Moro

O deputado federal e virtual candidato a presidente da República Jair Bolsonaro (PSC-RJ) viveu uma saia justa sem tamanho no Aeroporto de Brasília, nesta quinta-feira (30). Quando percebeu a presença do juiz federal Sérgio Moro, responsável pela Operação Lava Jato na primeira instância, em Curitiba (PR), correu para cumprimentá-lo. De frente para as câmaras e animadamente, se posicionou à frente do magistrado e bateu continência. A resposta foi um riso constrangido de Moro que, de imediato, deu as costas e foi embora, deixando no vácuo e com cara de quem sobrou na curva o parlamentar. Bolsonaro foi “salvo” por alguns fãs que passaram a tietá-lo. O vídeo da Mídia Ninja viralizou na internet.

https://www.youtube.com/watch?v=-ilP21yctoE

Mais cedo, o juiz Sérgio Moro foi condecorado com o grau de distinção pelo Superior Tribunal Militar (STM), em Brasília. Por ocasião dos 209 anos da Justiça Militar da União, o STM condecorou cerca de 190 pessoas. Moro foi um dos que receberam a medalha diretamente do presidente do tribunal, José Coêlho Ferreira. “Eu disse que estava dando essa medalha, essa condecoração, não só a um juiz federal, mas a um juiz federal que estava fazendo um trabalho que toda a sociedade estava reconhecendo”, disse Coêlho a jornalistas ao ser perguntado sobre as palavras que transmitiu a Moro. “Está fazendo um grande trabalho”, reforçou.

Bastante assediado por equipes de reportagem e outros condecorados que lhe pediam fotos e filmagens, Moro teve que ser isolado por seguranças e deixou a quadra do Clube do Exército, onde ocorreu a cerimônia em Brasília, sem falar com a imprensa. Receberam condecorações também a presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Laurita Vaz, o vice-procurador-geral da República, José Bonifácio de Andrada, a advogada-geral da União, Grace Mendonça, e o ministro da Defesa, Raul Jungmann, entre outros.

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *