Monteiro foi o primeiro ato de campanha de Lula

Palanque montado para receber Lula durante “Inauguração Popular da Transposição”. Foto: Suetoni Souto Maior

Muitas discussões foram iniciadas com a vinda do ex-presidente Lula à Paraíba, neste domingo (19), para o ato que passou a ser chamado de “Inauguração Popular da Transposição de Águas do São Francisco”. Independente da quantidade de gente presente (entre 20 mil e 70 mil, tem números para todos os gostos), ficou clara a motivação eleitoral. Os discursos, apesar da esfarrapada desculpa do coordenador do Movimento dos Sem-terra (MST), Jaime Amorim, foram virtualmente políticos e na direção das eleições de 2018.

Todos falaram no retorno de Lula nas próximas eleições. A estrutura montada para a inauguração popular, numa rápida avaliação, não deve ter saído por menos de R$ 400 mil. Não fica claro quem pagou a conta, afinal, o governador Ricardo Coutinho (PSB) deu declarações de que não se gastou um centavo público. Difícil acreditar em tamanho altruísmo dos empresários. Fora isso, o que se viu nas ruas foi uma militância apaixonada. Claque, certamente havia, e muita, mas não era a maioria. Muita gente simples estava lá para ver o ex-presidente e para externar gratidão.

Lula, com discurso intimista, lembrou que a obra da transposição foi prometida por Dom Pedro II, com a alegação que venderia até a última joia da coroa para torná-la realidade. De lá até o governo dele, os presidentes se revezaram em desculpas, para tentar agradar os estados que cobravam a transposição e os que deveriam ceder as águas. A informação é correta. Isso ocorreu. É verdade que o papel do ex-presidente foi fundamental para se retirar a obra do papel e não falta neste momento quem queira tirar uma lasquinha. Isso desde autoridades nacionais às locais.

O presidente Michel Temer (PMDB) inaugurou a obra no dia 10, apartado da população. A estrutura para a inauguração contou apenas com autoridades. Na oportunidade, condenou a disputa pela paternidade da obra. Lembrou que paternidade é do povo, dos impostos que custearam a obra. Lula não teve problema com isso. Disse que se os governistas têm vergonha de assumir a obra, ele não tem qualquer problema. Assume por que de fato o fez. Dilma Rousseff, nos discursos, foi o tempo todo apresentada como a mãe da obra.

O governador Ricardo Coutinho (PSB) fez um discurso de agradecimento, focado também em 2018. Um discurso que encontrou sintonia com o de Lula. O ex-presidente, inclusive, disse que só não disputaria a Presidência se não deixassem. A referência velada do impedimento foi às ações que tramitam contra ele na Justiça e tratadas pelos petistas como mera tentativa de torná-lo inelegível, de dirá-lo da disputa. Já Dilma seguiu na linha de que foi injustiçada e alvo de um impeachment sem ter cometido crime de responsabilidade.

Pelos ares, não faltaram drones para registrar as imagens e elas serão largamente usadas. A campanha começou.

Resposta do governo sobre gastos:

À exceção, como já havia dito, da logística de segurança, imprescindível para um público daquele porte, o governo do Estado não arcou com absolutamente nada. O governador Ricardo Coutinho participou de um visita a trecho da obra de Transposição e em seguida de um ato público de celebração das águas do São Francisco, tendo recebido institucionalmente chefes e ex-chefes de Estado.

4 comentários - Monteiro foi o primeiro ato de campanha de Lula

  1. Ventura Disse:

    Uma festa da democracia aconteceu ontem em Monteiro,Paraíba. Os nordestinos e os trabalhadores do Brasil, que, lutaram e lutam por justiça social em qualquer parte do país, ontem lavaram a alma nas águas do velho Chico que está chegando a milhões de pessoas porque um nordestino que veio do meio do povo colocou em prática um sonho de mais de 200 anos aos menos favorecidos. Uma parte da elite jamais aceitou e jamais aceitará que os trabalhadores têm acesso a dignidade humana. Por isso deram o golpe. O projeto neoliberal é um fracasso. Os neoliberais sabem que no voto perdem. Mas em 2018, caso não tenhamos mais um golpe dentro do golpe, Lula voltará nos braços do povo. Viva a democracia, foram golpistas!

  2. Jose Disse:

    NÃO É POSSÍVEL QUE O POVO BRASILEIRO CONTINUE PENSANDO NO QUANTO PIOR MELHOR.
    QUANTOS FIGURANTES DE LULA E DILMA JÁ ESTÃO NA CADEIA.?
    ESTES DOIS, JÁ DEVIAM ESTAR EM COMPANHIA DE JOSÉ DIRCEU.NA CADEIA.
    NUM PAÍS SÉRIO, ISTO JÁ ERA COISA DO PASSADO.
    ESTE BRASIL NÃO TEM JEITO.

  3. joao antonio fernandes de carvalho Disse:

    esse lula tem que ser preso.,

  4. junior batista monteiro paraiba. Disse:

    Pois é se ate a justiça golpiou Dilma. Porque não os companheiros de lula? Tem alguém preso ai do psdb como o aecio e temer? Justça sega a do brasil. O pobre que vota contra o pai dos pobres é mais pobre ainda.

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *