Governo Temer paga R$ 65 mil a youtuber que ataca gays, nordestinos e negros

Lukas Marques (E) postou frases racistas, homofóbicas e de ódio aos nordestinos. Foto: Reprodução/Youtube

O que tem a ver R$ 65 mil dos cofres do governo federal com uma propaganda disfarçada feita a pedido do Ministério da Educação e uma série de flagrantes de preconceito racial, homofobia e ataques aos nordestinos? Se a resposta for o youtuber Lukas Marques, um dos integrantes do canal “Você Sabia?”, a resposta tudo é a mais correta. O “garoto propaganda” contratado para defender o Novo Ensino Médio é o mesmo que usou sua conta pessoal no Twitter proferir contra minorias. Com a repercussão negativa do caso, o rapaz apagou as postagens feias entre 2011 e 2014, mas o site Sensacionalista recuperou os prints e os disponibilizou para os internautas.

“Quem gosta de pica eh viado… mulher gosta eh de dinheiro”, diz uma das postagens, enquanto outra diz que o “Nordeste todo elegeu a Dilma pq pensa com a barriga e não com cabeça”.  “Não sou racista… Só acho que os pretos poderiam se fuder mais…” e por aí vai. Lukas Marques divide a bancada no programa com Daniel Molo no canal Você Sabia?, que tem, acreditem, mais de 7 milhões de inscritos. Marques publicou mensagem no Twitter pedindo desculpas pelas declarações e alegou que não pensa tal qual se expressou nas redes sociais. Prometeu ainda melhorar o conteúdo das suas postagens no YouTube.

Sobre a matéria da Folha de São Paulo que denunciou o pagamento por propaganda disfarçada, o grupo publicou nota nas redes sociais garantindo ter deixado claro desde o início, no vídeo, que a postagem se tratava de publieditorial. O que, convenhamos, assistindo ao vídeo não dá para perceber. “O vídeo que publicamos tem, desde o dia do seu lançamento, a sinalização de que é um Publieditorial, tanto na descrição do vídeo quanto a marcação na ferramenta do YouTube que mostra que ele é uma ação publicitária. Essa é uma preocupação que temos em todas as campanhas e segue as normas do CONAR, que regulamenta a publicidade no Brasil”, diz a nota.

Confira as postagens

 

3 comentários - Governo Temer paga R$ 65 mil a youtuber que ataca gays, nordestinos e negros

  1. SANDRO SANCHES DOS SANTOS Disse:

    Brasil, mostrando a cara que o governo tem!

  2. Giovanni Disse:

    Não sei se esse jovem já está sendo processado, mas se não foi se faz necessário entregar esse material ao Ministério Público. Não há dúvida de que ele praticou crime de racismo, cabendo ao MP oferecer Denúncia contra o mesmo logo que tiver conhecimento dos fatos. Então que se entregud esse material ao MP. Inadmissível esse tipo de conduta. Deve ser processado, condenado e punido de forma exemplar. É simples, basta alguém dar um passo é entregar esse material ao MP.

  3. Luiz Disse:

    Esse cara ou é altamente complexado ou tem a mãe na zona,

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *