Executivo 10:53

Ricardo desapropria terras para terceira fase do canal de Acauã

Angélica Nunes

O governador Ricardo Coutinho (PSB) decretou, em estado de urgência, a desapropriação de terras particulares para realização da implantação do Lote 03 do Canal Acauã/Araçagi – Adutor Vertentes Litorâneas. A obra vem sendo executada em ritmo lento desde o contingenciamento do governo federal, mas o anúncio do ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, no mês passado, da liberação de R$ 35 milhões, deu novo fôlego para continuação ao canal, considerado pelo socialista o principal legado de seu governo. Ricardo, inclusive, esteve com Barbalho na quarta-feira (25) para cobrar mais investimentos para o estado.

As áreas que serão desapropriadas corresponde ao trecho entre o km 81 ao km 112 + 443 e estão localizadas nos municípios de Cuité de Mamanguape, Araçagi, Itapororoca. Este terceiro lote totaliza uma extensão de 30.583 metros, mas, para realização da obra o governo vai desapropriar 297,2290 hectares de terras de particulares.

Apesar dos atos preparatórios, a obra não deve ser entregue totalmente este ano. O lote 01, que abrange os municípios de Itatuba, Mogeiro, Itabaiana e São José dos Ramos, foi iniciado em outubro de 2012 e está com 80% de conclusão. Em dezembro, em seu programa oficial no rádio, Ricardo Coutinho disse que a tem esperança de entregar o trecho um pouco depois de maio. Já o Lote 02, que inclui os municípios de Mari, Sobrado, Sapé e Riachão do Poço, está com apenas 28% concluído.

“É a maior obra da história da Paraíba. São mais de R$ 1 bilhão. Só de contrapartida nós temos algo em torno de R$ 109 milhões, dos quais R$ 73 milhões do estado já foram pagos. A contrapartida já chega a 70% daquilo que é do estado. Com o aporte de recursos nós vamos ampliar os 300 empregos diretos e os mil indiretos”, comemorou Ricardo Coutinho, que tem deixado cada vez a falta de sintonia de lado com o governo de Michel Temer e já garantiu estar presente na visita de Barbalho na próximo segunda-feira (30) para inspecionar as obras do Eixo Leste da Transposição do Rio São Francisco.

Mais Notícias

Comente
O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados com *