Hervázio cita o Rio e prevê “medidas duras e de impacto” contra servidores da PB

Hervázio Bezerra fala em crise econômica. Foto: Roberto Guedes

Hervázio Bezerra fala em crise econômica. Foto: Roberto Guedes

O líder do governo na Assembleia Legislativa, Hervázio Bezerra (PSB), usou o exemplo do Rio de Janeiro para dizer que o governo do Estado terá que adotar medidas duras e de impacto com reflexo, inclusive, sobre os servidores estaduais. A explanação ocorreu quanto questionado a respeito de um remanejamento de R$ 50 mil de recursos que seriam destinados à nova sede da Assembleia Legislativa para cobrir despesas de outras rubricas do Estado. Apesar de declarar pouco conhecimento sobre o assunto, ele garantiu que esse é só o começo.

“Todos sabem aqui, acho que não há dúvida sobre o que é o estado do Rio de Janeiro para o Brasil. É um estado que sofre duramente. Está adotando medidas duras, antipáticas, que têm reflexo nos servidores. Você imagina o servidor do Rio de Janeiro que ganha R$ 3 mil tinha descontado para a previdência R$ 300. Com um projeto que tramita na Assembleia (do Rio), esse mesmo servidor terá descontado R$ 900”, disse o deputado, alegando que a proposta, lá, é elevar de 11% para 30% o desconto da Previdência.

Apesar do pequeno tropeço nos cálculos, já que 11% de 3 mil equivale a R$ 330, o parlamentar deixou claro que o governo do Estado deverá adotar medidas impopulares, inclusive voltadas para os servidores estaduais. “Todos nós estamos cientes do momentos difícil que enfrenta o país”, ressaltou.

Com informações de Angélica Nunes, do jornaldaparaiba.com.br

 

comentários - Hervázio cita o Rio e prevê “medidas duras e de impacto” contra servidores da PB

  1. João Disse:

    Sempre sobra para o pequeno.Os grandes sempre pisando.

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *