Rômulo, Benjamin e Veneziano na lista de ações penais do Supremo

Romulo-gouveia

Rômulo Gouveia responde a processo desde 2001

Os deputados federais Rômulo Gouveia (PSD), Veneziano Vital do Rêgo (PMDB) e Benjamin Maranhão (SD) integram a lista dos 53 deputados federais e senadores com foro privilegiado que estão na fila de julgamentos do Supremo Tribunal Federal (STF). A relação foi divulgada nesta segunda-feira (7) pela Folha de S. Paulo. Os parlamentares, juntos, respondem a 84 ações penais. A informação surge no momento em que a corte discute a proibição a proibição de réus em processo no Tribunal integrarem a linha de sucessão da Presidência da República.

O que tem chamado a atenção nos processos é a longevidade da tramitação. No caso de Rômulo Gouveia, a acusação de crime contra a lei das licitações se estende desde 2001, em um verdadeiro ioiô, migrando da Justiça Estadual para o Supremo de acordo com o cargo ocupado pelo deputado. No caso de Veneziano Vital, a acusação é a mesma, crimes contra a lei das licitações, porém, é menos antiga. O processo contra ele teve origem em 2007. Já Benjamin Maranhão é acusado de associação criminosa e responde a processo na corte de 2006.

Lista dos paraibanos

RÔMULO GOUVEIA
Deputado – PSD-PB
Principal acusação: Crimes da Lei de licitações
Início da investigação: 2001

VENEZIANO VITAL DO REGO
Deputado licenciado – PMDB-PB
Principal acusação: Crimes contra a Lei das Licitações
Início da investigação: 2007

BENJAMIN MARANHÃO
Deputado – SD-PB
Principal acusação: Corrupção / associação criminosa
Início da investigação: 2006

 

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *