Durval defende dobradinha para a presidência da Câmara

Durval Ferreira durante sessão na Câmara. Crédito: Olenildo Nascimento

Durval Ferreira durante sessão na Câmara. Crédito: Olenildo Nascimento

A velha máxima de que se você não pode vencê-los, una-se a eles, poderá dar as caras na Câmara de João Pessoa para a definição do próximo presidente da Casa, para a próxima legislatura. O atual mandatário, Durval Ferreira (PP), não esconde de ninguém o desejo de disputar a reeleição. Diz que um grupo de vereadores já o procurou pedindo que ele se mantenha no cargo comandado por ele há quase 10 anos. O problema é que têm crescido as articulações na base aliada em defesa da renovação, abrindo espaço para a disputa pelo cargo. Diante disso, Durval já não descarta uma composição.

A ideia trabalhada por aliados de Durval Ferreira é que seja seguida na Câmara de João Pessoa a mesma receita da Assembleia Legislativa, que elegeu de uma vez Adriano Galdino (PSB) para o primeiro biênio e Gervásio Maia (PSB) para o segundo. O progressista vai conversar nesta terça-feira (17) com Marcos Vinícius (PSDB), seu virtual adversário na corrida pela presidência da Casa. Em conversa com o blog, Ferreira fez muitos elogios ao tucano, bem como à vereadora Eliza Virgínia, também do PSDB, que colocou o nome para a discussão.

Além dos três, surgem como opções para a disputa da presidência da Casa os vereadores Lucas de Brito (PSL), Helton Renê (PCdoB) e Léo Bezerra (PSB). O grupo de oposição a Durval Ferreira critica a falta de renovação na Câmara Municipal. Lembra que o atual presidente está no cargo há quase dez anos. Marcos Vinícius, por exemplo, criou um leque de propostas que ele tem apresentado aos potenciais eleitores, inclusive, com a garantia de espaço para os vereadores de oposição. Ele promete entre outras coisas, revisão do Regimento Interno e mesa de diálogo entre os vereadores e o Executivo.

Subsídios

O presidente da Câmara de João Pessoa, Durval Ferreira (PP), disse nesta segunda-feira que não há prazo para a definição dos novos subsídios de vereadores e do prefeito reeleito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PSD), para os quatro anos da próxima legislatura. “Tenho prazo para fazer isso até o fim do ano. Essa discussão ainda não foi iniciada”, ressaltou o presidente da Casa.

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *