Charliton, Victor Hugo e o plágio no programa de cultura

charliton-machado

Charliton diz que o programa dele é original

O eleitor que tiver dúvida entre Professor Charliton (PT) e Victor Hugo (Psol) como candidatos para prefeitura de João Pessoa não poderão recorrer ao programa de cultura dos dois para escolher a melhor opção. Explico melhor: os dois usam exatamente as mesmas propostas e até o texto é praticamente igual, com a substituição de um termo ou outro ao longo de pelo menos seis páginas com propostas para a cultura da capital. Quem copiou quem? É uma boa questão. Charliton culpa Victor Hugo, que se apressa a devolver a suspeita, apesar de com menos convicção que o “adversário”.

politico

Victor Hugo desconhece existência de plágio

Algumas pistas podem esclarecer o imbróglio. O Professor Charliton divulgou o programa de governo, inclusive o trecho referente à cultura, ainda no momento do registro de candidatura. Tanto é que o conteúdo pode ser acessado integralmente no site do Tribunal Superior Eleitoral, no espaço reservado à divulgação dos candidatos. Nele, no entanto, não há a integralidade do programa de governo de Victor Hugo. O trecho da cultura pode ser acessado apenas nas redes sociais, inclusive com um layout mais bem trabalhado que o disponibilizado no momento do registro da candidatura.

Charliton Machado diz que o programa dele é original, fruto dos debates do Dialoga João Pessoa, os eventos promovidos pela ala de cultura do PT que foram coordenados pelo ativista cultural Heriberto Coelho. “Muita coisa era do programa que o PT apresentou para Luciano Cartaxo, em 2012, e que ele não cumpriu e estamos apresentando de novo”, ponderou o petista. Já Victor Hugo também garante que a discussão foi feita pela ala do seu partido ligada à cultura. Ele admite, no entanto, que estes grupos da sigla podem ter interagido com os petistas para compor o seu programa. “Desconheço cópia, mas vou analisar”, disse.

 

Programa do Professor Charliton para a Cultura

cultura_charliton

Programa de Victor Hugo para a Cultura

cultura_victor-hugo

 

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *