Juiz cobra “cautela” dos candidatos a prefeito em João Pessoa

Crédito: Divulgação/TRE

Crédito: Divulgação/TRE

O juiz da propaganda eleitoral de mídia de João Pessoa, José Ferreira Ramos Júnior, tem apelado aos candidatos a prefeito de João Pessoa que aliviem nas ações eleitorais, que, em geral, apenas geram dificuldades para a Justiça Eleitoral. Ele reuniu nesta semana os assessores jurídicos de todos os postulantes, com a participação também do Ministério Público Eleitoral. A ideia foi dirimir dúvidas e debater os dispositivos legais a respeito da propaganda eleitoral.

“Estamos realizando reuniões semanais, desde o último mês de agosto, quando teve início a propaganda eleitoral no rádio e na TV, esta foi a penúltima antes das eleições. Os resultados têm sido excelentes, logo na primeira reunião, 26 representações foram arquivadas, após acordo celebrado entre os partidos e homologado por este Juízo”, comentou o juiz coordenador da Propaganda de Mídia.

Segundo José Ferreira, em 2008 foram mais de 400 representações; em 2012, cerca de 380; e nestas eleições, foram ajuizadas apenas 82 representações até o momento. Esta foi a quinta reunião ocorrida entre o magistrado e os advogados dos candidatos.

 

 

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *