Deca do Atacadão já “prova” as cadeiras do Senado

Cassio com Deca

Já é prego batido e ponta virada. O empresário Deca do Atacadão vai assumir uma vaga no Senado no lugar de Cássio Cunha Lima (PSDB), que deve se licenciar do mandato no dia 5 ou no dia 12 para tratamento de saúde. Na manhã desta terça-feira (30), em plena correria em decorrência do julgamento do impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff (PT), o suplente esteve no Congresso Nacional, se ambientando com a nova Casa. Ele experimentou a cadeira do gabinete do senador Cássio Cunha Lima e, depois, desceu ao plenário, onde também pode conferir o acolchoamento das cadeiras. Ele também cumprimentou os senadores presentes antes da sessão.

Deca no gabineteCássio vai se afastar por 120 dias para a retirada de pólipos do intestino, procedimento a que ele já foi submetido em outra oportunidade e cuja repetição do procedimento é recomendada pelos médicos por causa do histórico familiar. O exame que detecta o problema é a colonoscopia. Devido ao histórico da doença do pai, o ex-governador Ronaldo Cunha Lima, os procedimentos são indicados de forma preventiva. De acordo com a assessoria do parlamentar, a liderança no Senado fez com que o senador não tivesse tempo para fazer exames nos últimos três anos. Tudo será providenciado durante a atual licença.

4 comentários - Deca do Atacadão já “prova” as cadeiras do Senado

  1. Antonio Fernandes Disse:

    Isso paz parte do acordo, o ilustre desconhecido empresário bancou a campanha do dito cujo,agora chegou a sua vez de recuperar o investimento. Uma mão lava a outra!

  2. Antonio Fernandes Disse:

    Isso faz parte do acordo, o ilustre desconhecido empresário bancou a campanha do dito cujo, agora chegou a sua vez de recuperar o investimento. Uma mão lava a outra!

  3. FABIANO CATÃO CÓRDULA OURIQUES DIAS Disse:

    Excelentíssimo Senhor Senador da República,
    SENADOR DECA DO ATACADÃO (José Gonzaga Sobrinho)

    O “PROJETO DE LEI DA CÂMARA nº 68, de 2015”
    Altera a Lei nº 6.088, de 1974, para ampliar a atuação da Codevasf nos vales dos rios Mucuri e Paraguaçu, em Pernambuco.
    (dentre outras áreas: dentre elas o ESTADO DA PARAÍBA).

    Foi aprovado na Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo em 2/12/2015.

    Último local: 14/12/2015 – Secretaria Legislativa do Senado Federal

    Último estado: 14/12/2015 – PRONTO PARA DELIBERAÇÃO DO PLENÁRIO

    EM 15/12/2015: Encerrou-se no dia 11 de dezembro o prazo para apresentação de emendas ao presente projeto. Não foram oferecidas emendas.

    E, a matéria será incluída em Ordem do Dia oportunamente.

    FAVOR tentar junto aos nossos SENADORES
    incluir na ORDEM do DIA.

    Afinal, já se passaram nove meses.
    E esta lei é importante para o ESTADO da PARAÍBA, PERNAMBUCO, BAHIA e
    MINAS GERAIS. Quatro importantes estados do Brasil.

    Grato,

    FABIANO CATÃO CÓRDULA OURIQUES DIAS

  4. Atilla Disse:

    O Excelentíssimo Senador Deca, falta com a verdade, ele apresentou o projeto de lei com a justificativa de alterar a lei 4.886/1965 para que ela se torne mais previsível e transparente as expectativas recíprocas, mas este cidadão falta com a verdade, ele não descreve que a lei 4.986/1965 foi atualizada pela lei 8.429/1992. O que o Senador Deca tenta é iludir o senado com a “historinha” de atualizar uma lei obsoleta, sendo que, com a alteração da lei 8.429/1992, deixou claro e segura jurídicamente os deveres e direitos das partes, mas o Excelentíssimo Senador Deca, está tentando legislar por interesse próprio e retroceder a lei vigente para prejudicar os representantes comerciais e se beneficiar em seus negócios. Este tipo de política nós nos cansamos, este tipo de político, queremos eliminar do nosso país

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *