Executivo Judiciário 13:11

Ricardo “ataca” fiscal e TRE promete apurar responsabilidades

Carreata de Cida RamosO governador Ricardo Coutinho (PSB) não tem poupado críticas ao fiscal da propaganda eleitoral Sérgio Ricardo Ponce Leon. O servidor do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) foi acusado pelo gestor de ter agido deliberadamente para prejudicar a carreata da coligação Trabalho de Verdade, encabeçada pela afilhada política do socialista, Cida Ramos (PSB). Perto do fim do ato político, o fiscal foi cercado por militantes quando tentava fazer imagens do carro onde seguiam Ricardo, Cida e o vice na coligação, Wilson Filho (PTB). Foi quando ele teve o celular derrubado pelo militante Marcos Antônio Alves Bandeira, que foi agredido fisicamente pelo fiscal.

“Não foi um incidente, foi uma agressão. E acho que não dá para dourar a pílula chamando de incidente o que é nitidamente um agressão. Ninguém cumprindo a lei pode agir daquela forma. Absolutamente ninguém. Um policial não pode agir, como é que um agente de propaganda eleitoral pode agir daquela forma?”, questionou o governador. No momento anterior à agressão, o fiscal foi cercado por militantes do PSB, quando tentava parar o carro onde seguia Ricardo Coutinho. O PSB, inclusive, apresentou representação na Justiça cobrando investigação e punição do servidor.

A juíza da propaganda eleitoral de rua, Agamenilde Dias Arruda Vieira Dantas, evitou falar em culpa do servidor enquanto não houver uma apuração mais aprofundada do caso. Ela se reuniu na manhã desta segunda-feira (29) com o presidente do Tribunal Regional Eleitoral, José Aurélio da Cruz, para discutir a posição que será adotada pela Justiça Eleitoral. A juíza explicou que vão ser analisadas imagens sem edição, em poder do órgão, porque, ela assegura, as que circulam nas redes sociais foram editadas. Só a partir daí, a corte vai decidir sobre a punição ou não do servidor.

Grifo meu

Se tomarmos por base o Código Brasileiro de Trânsito (CBT), não apenas essa, mas todas as carreatas de candidatos majoritários em João Pessoa não poderiam ocorrer diante das irregularidade. Na foto acima, Ricardo, Cida e Wilson, só para citar alguns, estão no compartimento de carga de uma caminhonete. A lei diz que é proibido “conduzir pessoas, animais ou carga nas partes externas do veículo, salvo nos casos devidamente autorizados (e entre eles não há carreatas). A infração é grave; o motorista deve ser multado e o carro retido. E esse é apenas um ponto. O comum nas carreatas é pessoas com o corpo projetado para fora das janelas, gente bebendo e dirigindo, buzinaços, etc. Ou seja, se a lei fosse aplicada ao pé da letra, dificilmente sobraria um motorista sem multa.

Mais Notícias

COMENTÁRIOS

  1. Avatar for Suetoni
    Engenheiro

    Quem tem que punir a infração de trânsito é o órgão de trânsito, em relação a isso o TRE não tem jurisprudência.
    Nada justifica a agressão física, sobretudo partindo de um servidor público.
    Os juízes se acham Deuses, talvez, por ser funcionário do judiciário, o rapaz tenha se achado um Semi Deus.

  2. Avatar for Suetoni
    genezio Fernandes figueredo

    Esse é o Ricardo que o povo quis.arrogante e antipático.

  3. Avatar for Suetoni
    feuber

    sem água e sem segurança..

  4. Avatar for Suetoni
    joberio

    infelizmente este cidadão é um ser supeior a tudo e a todos , ele se acha acima da llei, se tem alguem burlando a lei é este cidadão , quando coloca em uma carreata muita gente em cima de uma camionete, sem nenhuma segurança , gente bebendo etc. minha gente este cidadão deveria ter um pouco de bom censo e ver que é um ser humano como todos nós, mais o povo estar conhecendo um ser prepotente e mesquinho onde pra ele tudo para os demais nada

Comente
O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados com *