Judiciário 9:20

Juíza tenta, mas não convence candidatos a não realizarem carreatas em João Pessoa

Crédito: Divulgação/TRE-PB

Crédito: Divulgação/TRE-PB

A juíza da propaganda eleitoral de rua de João Pessoa, Agamenilde Dias Arruda Vieira Dantas, até que tentou, mas não conseguiu convencer os candidatos a prefeito de João Pessoa sobre a não realização de carreatas. A reunião com os representantes das coligações ocorreu nesta sexta-feira (26) e terminou sem acordo. A primeira já acontece neste domingo (28), com saída de Jaguaribe, organizada pela candidata socialista Cida Ramos. A magistrada, por outro lado, prometeu que a Justiça Eleitoral será rigorosa no combate aos excessos. “As regras básicas de segurança, de trânsito e de mobilidade, não deverão ser descumpridas”, afirmou a juíza Agamenilde Arruda, em tom de cobrança.

Participaram da reunião, representantes da Força de Segurança e dos partidos políticos para tratar do disciplinamento, regras de segurança, mobilidade urbana e outros temas relacionados à Propaganda Eleitoral de Rua. Foram tratados temas como carreatas, passeatas e eventos similares previstos em lei. “Temos a preocupação com a mobilidade urbana, com a segurança, com a questão ambiental e sobre tudo com a mobilidade do cidadão, e  entendemos que a carreata é um direito assegurado em lei, não conseguimos o convencimento de todos quando à não realização, então, passamos a disciplinar, deliberar sobre o exercício disciplinado deste direito de realizar carreata”, disse Agamenilde. “Nós seremos rigorosos no cumprimento da legislação”, acrescentou.

Mais Notícias

COMENTÁRIOS

  1. Avatar for Suetoni
    Floriano Marques da Silva

    Essas carreatas atrapalham o trânsito, provocam poluição sonora e não têm nada de ideologia, propostas e projetos; mas, é uma demonstração clara de disputa de poder econômico a fim de impressionar os eleitores na contenda para ver qual o partido que coloca mais carros nas ruas.
    Já fui candidato quatro vezes e considero um absurdo essas carreatas.

  2. Avatar for Suetoni
    Juarez Silvs

    O que temos visto na verdade eh um verdadeiro descumprimento das normas de trânsito, muita embriaguez e poluição sonora, bem como uma afronta ao direito de ir e vir de quem precisa de deslocar.

Comente
O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados com *