Executivo 7:39

Ricardo dá última cartada para tentar manter o PMDB na base

Maranhão e ricardoO governador Ricardo Coutinho (PSB) dará a última cartada, nesta semana, para tentar manter o PMDB na sua base aliada. Ele tem encontro com o senador José Maranhão, presidente estadual da sigla peemedebista, previsto para a próxima quarta-feira  (20), quando tentará convencer o parlamentar a não embarcar no projeto de reeleição do prefeito Luciano Cartaxo (PSD). O senador espera a oficialização da desistência do deputado federal Manoel Júnior, pré-candidato a prefeito, para definir os destinos do partido. Ele tem dito a aliados que uma eventual composição na capital precisará do aval de Júnior, presidente municipal do partido, o que dificulta o diálogo com os socialistas. Manoel Júnior é rival de Coutinho.

Se quiser manter o apoio do PMDB, em João Pessoa, o governador terá que colocar na mesa mais que os cargos que os peemedebistas têm no Estado. Fala-se em amarrar uma composição para 2018 que beneficie o PMDB, porque a eleição deste ano, nas contas dos peemedebistas, é apenas um ponto no emaranhado de possibilidades. Por outro lado, lideranças próximas ao senador José Maranhão entendem que uma composição com o PSD, na capital, chancelada pelo PSDB do senador Cássio Cunha Lima, representaria o rompimento em definitivo com o PSB de Ricardo. Com isso, além dos cerca de 30 cargos, segundo as contas do deputado estadual Tião Gomes (PSL), aliado de Ricardo, os peemedebistas ficarão sem a vaga de Olenka Maranhão na Assembleia Legislativa. Ela é suplente.

A dianteira para atrair o PMDB está com os pessedistas. Várias conversas de Cartaxo com o senador José Maranhão foram intermediadas por Cássio Cunha Lima, idealizador do blocão. Maranhão e Cássio protagonizaram a maior rivalidade da política paraibana das últimas duas décadas e acabaram se aproximando no Senado também por causa do alinhamento nacional entre PSDB e PMDB. Pessoas próximas ao deputado federal Manoel Júnior dizem que o acordo com Cartaxo está fechado e o parlamentar deverá ser o vice para a disputa. Ricardo Coutinho, no entanto, ainda tem esperança de conseguir o apoio do PMDB para reforçar a pré-candidatura de Cida Ramos para a disputa deste ano. Esta semana teremos uma definição.

Mais Notícias

Comente
O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados com *