Gemido feminino interrompe fala de Cássio na Comissão do Impeachment

O fato que chamou mais a atenção no segundo dia da Comissão Especial do Impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT) não foi a oitiva dos responsáveis pela denúncia acatada pela Câmara dos Deputados. Isso por mais que tenha havido esforço e visível descontrole da jurista Janaína Paschoal. Ela foi superada, de longe, por um gemido feminino e alto no momento em que o senador Cássio Cunha Lima (PSDB) dava sequência ao seu discurso falando de matéria financeira, alvo do pedido e impedimento. O som veio do celular de um dos assessores do Senado, oriundo de uma mensagem de WhattsApp, acessada por engano pelo rapaz. Sem disfarçar o constrangimento, Cássio procurou despistar e pediu para que fosse descontado o “choro de criança”.

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *