Executivo 14:16

Em janeiro, Wilson Filho já conta com três partidos na sua base de apoio

O deputado federal Wilson Filho (PTB) vem dando provas de que não está apenas criando cortina de fumaça quando o assunto é a pré-candidatura a prefeito de João Pessoa. Do ano passado para cá, já são três partidos em sua base de apoio. Se questionando, ele desconversa. “Não, é muito cedo para falar em fechamento de alianças. Estamos conversando com muita gente, mas só isso”, assegura o deputado, temendo a investida dos adversários.

Bancada_Federal_no_TRT._Wilson_Filho_pag.Pagina_3_cad.Caderno_1_Francisco_França_421042

O último partido a entrar na órbita petebista foi o Partido da Mulher Brasileira (PMB). A nova sigla foi assumida por Evani Ramalho, que trabalhou por muitos anos com o ex-senador Wilson Santiago, pai de Wilson Filho. Além da nova sigla, outras duas têm ligação estreita com a família Santiago. Trata-se do PTC e do PHS, ambos alvos de intervenção nacional ainda no ano passado.

O PTC deu cartão vermelho ao ex-deputado federal Walter Brito Neto e passou a ser comandado por Igo Franklin de Morais. Já no PHS, quem perdeu o cargo foi Álvaro Gaudêncio Neto, que foi substituído por Expedito Leite da Silva. A esperança de Wilson Filho, mesmo mantendo segredo, é alcançar mais apoios para melhorar o tempo de TV. Ele sabe que não terá vida fácil na disputa com PSD, PSB e PMDB.

O plano da família Santiago é construir uma faixa própria para disputas eleitorais futuras. Wilson Filho sabe que uma disputa em João Pessoa, mesmo sem sucesso, dará cancha para disputar o governo, com o pai disputando o Senado. Em 2010 e em 2014, Wilson Santiago (o pai) tentou a vaga para o Senado. Na primeira vez apoiado por José Maranhão (PMDB) e na segunda por Cássio Cunha Lima (PSDB). Morreu na praia nas duas oportunidades.

O sucesso esperado pode até não vir, mas a movimentação é para se consolidar na disputa.

Mais Notícias

Comente
O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados com *