Conteúdo 9:20

Pedro Cunha Lima vai se licenciar do mandato e Gadelha assume na Câmara

O deputado federal Pedro Cunha Lima (PSDB) confirmou na manhã desta quarta-feira (28) que vai se licenciar do mandato para concluir um mestrado em Direito Constitucional, em Portugal. A data do afastamento ainda não foi confirmada. Ele espera apenas a sinalização da instituição de ensino superior para oficializar a licença por 121 dias do mandato. Cunha Lima é o primeiro entre os deputados empossados neste ano a se afastar do cargo.

Com a saída de Pedro Cunha Lima, o mandato será assumido pelo seu suplente na coligação, o ex-deputado e ex-senador Marcondes Gadelha (PSC), que estava sem mandato desde 2010, quando não disputou a reeleição. O tucano ressaltou que a licença será sem vencimentos e que, na visão dele, trará contribuição positiva para o seu mandato. “Meu mandato pertence ao povo da Paraíba e, com certeza, será bem representado por Marcondes Gadelha”.

Marcondes Gadelha encarou muitas idas e vindas no apoio à família Cunha Lima. O ex-parlamentar esteve com o senador Cássio Cunha Lima (PSDB), pai de Pedro, durante seu primeiro mandato no governo do Estado, mas migrou para a oposição após desentendimentos entre o então prefeito de Sousa, Salomão Gadelha, e o tucano. A reaproximação aconteceu durante a campanha do ano passado, quando André Gadelha (PSC), hoje prefeito, também apoiou Cássio.

Mais Notícias

Comente
O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados com *