Conteúdo 23:36

PT vai cobrar na Justiça o mandato de Benilton Lucena

A possibilidade de sucesso não é grande, mas o Partido dos Trabalhadores protocola nesta quarta-feira (28) um pedido de cassação do mandato do vereador de João Pessoa, Benilton Lucena, por infidelidade partidária. O parlamentar deixou a sigla para se filiar ao PSD, seguindo o prefeito Luciano Cartaxo e uma onda que tirou do PT algo em torno de 500 militantes, todos rumo ao partido do ministro Gilberto Kassab (Cidades).

Ao todo, dois vereadores deixaram o PT, dos três que existiam na Câmara Municipal. Além de Benilton, deixou a sigla Bira Pereira, que não pôde ser processado pelo fato de ter sido eleito, em 2012, pelo PSB. Só depois ele migrou para a sigla petista. Benilton espera ter a mesma sorte do colega, que alegou perseguição para deixar a trincheira socialista. Na ocasião, ele não teve legenda e disputou a eleição com candidatura avulsa, após brigar com o partido.

Benilton, vale ressaltar, não terá como alegar a mesma coisa, mas terá a morosidade da Justiça Eleitoral ao seu favor. O único punido até agora com a cassação do mandato por infidelidade foi justamente o primeiro, o ex-deputado federal Walter Brito Neto, em 2007. Ninguém mais. Pelo menos não na Câmara dos Deputados ou na Assembleia, tampouco nas maiores cidades do Estado. Ou seja, Benilton tem culpa no cartório, mas o PT não encontrará facilidades.

Mais Notícias

Comente
O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados com *