Ricardo Coutinho critica indicação de Manoel Júnior para ministério

O governador Ricardo Coutinho (PSB) não gostou nenhum pouco da indicação do deputado federal Manoel Júnior (PMDB) para o Ministério da Saúde. Principal aliado da presidente Dilma Rousseff (PT), na Paraíba, ele disse não ver como positiva a troca de um técnico (Arthur Chiro) por um político.

A avaliação do governador foi feita durante a posse do presidente da Federação das Indústrias do Estado da Paraíba (Fiep), Buega Gadelha, ocorrida na última sexta-feira (26). No evento, Ricardo Coutinho disse que a escolha de um político para a pasta traria prejuízos, pelo risco de haver politização das ações.

Também no evento, o deputado federal evitou polemizar com o governador. Manoel Júnior é médico de formação e foi indicado para a pasta pelo líder do PMDB na Câmara dos Deputados, Leonardo Picciani (SP). Manoel Júnior, ao comentar as declarações de Ricardo, seu adversário político, tratou de dizer que a presidente Dilma tem avaliação diferente.

Antes crítico da presidente, Manoel Júnior tratou de dizer que foi mal interpretado quando pediu que Dilma Rousseff renunciasse ao mandato por falta de condições de governar.

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *