Prefeitura de João Pessoa fecha reajuste de 8,21% para os professores

O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PT), fechou acordo na manhã desta quarta-feira (26) com o Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Município (Sinteem-JP). Pelo acerto, os professores aceitaram a complementação do reajuste salarial, cuja negociação começou ainda no primeiro semestre, após a greve da categoria. A previsão é que o reajuste seja fechado em 8,21% para os efetivos. Já os comissionados terão complementação de R$ 100 no salário.

Durante a primeira negociação, em junho, os professores receberam reajuste de 3,21%, com a promessa de que, no segundo semestre, com a melhora no caixa, haveria complementação nos valores. Pelo acordo fechado hoje, foram acertados mais 3% para o mês de agosto e mais 2% que será pago em setembro. A medida, segundo o gestor, faz parte do programa de valorização dos servidores municipais.

A secretária municipal da Educação, Edilma Ferreira, destacou que, mesmo em um período de dificuldades, em que muitas cidades e governos sequer conseguem pagar a folha em dia, a Prefeitura de João Pessoa cumpriu o compromisso assumido com a categoria e garantiu o novo aumento. “Hoje podemos, mais uma vez, demonstrar que os professores são prioridade, já que são essenciais na construção de uma educação melhor, e que nossa gestão tem se empenhado para valorizá-los”, declarou.

Essa valorização também aparece por meio da capacitação profissional, outro ponto debatido na ocasião. A PMJP se comprometeu a dar continuidade à oferta de cursos de aprimoramento. A gestão ainda garantiu a manutenção das obras de reforma e ampliação de unidades educacionais, assegurando que no mínimo 18 unidades passarão por intervenções nessa primeira etapa de trabalhos.

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Município, Daniel de Assis, destacou o avanço das conversas mantidas com a gestão. “A Prefeitura tem buscado esse diálogo e dessa forma conseguimos avançar bastante em relação às negociações que foram mantidas em abril”, declarou.

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *