Conteúdo 18:16

Adriano Galdino reúne colegiado de líderes para chamar o feito à ordem na Assembleia

Uma semana depois da polêmica em relação à gazeta na Assembleia Legislativa da Paraíba, o presidente da Casa, Adriano Galdino (PSB), anunciou a convocação do colegiado de líderes para, segundo ele, “chamar o feito à ordem”. O posicionamento se segue ao fato de após três semanas do prazo para o retorno dos trabalhos no Legislativo, apenas duas sessões deliberativas terem ocorrido. O motivo: a ausência dos deputados no plenário.

Adriano Galdino

As ausências nas sessões foram alvo de críticas de Adriano Galdino no início da legislatura, quando ele prometeu cortar o ponto dos deputados faltosos. Apesar do compromisso, ninguém foi punido por causa disso até o momento. Questionado sobre o assunto, o presidente da Casa disse que vai dialogar com os colegas e “resolver a situação”. Tem se tornado comum os parlamentares marcarem o ponto no início da sessão, mas não ficarem para a ordem do dia.

Para o seu retorno, após a interinidade no governo do Estado, Adriano Galdino prometeu agilizar a tramitação do projeto que estabelece o voto secreto na Casa, bem como a instalação das duas Comissões Parlamentares de Inquérito (CPIs) dos Pardais e do Telemarketing. Ele falou que vai provocar a oposição para que o grupo indique os nomes para compor as comissões. Caso eles não o façam, o próprio Adriano Galdino fará a escolha.

Os oposicionistas optaram por boicotar as CPIs governistas por causa do engavetamento da que propõe a investigação do uso político do programa Empreender, com o intuito de beneficiar o governador Ricardo Coutinho (PSB). Ou seja, não haverá acordo.

Mais Notícias

Comente
O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados com *