Executivo 8:40

Direção nacional do PSB quer disputa em João Pessoa e preocupa petistas

O processo de fusão do PSB com o PPS trouxe novo ânimo para os socialistas, que devem levar para a nova composição a sigla e o número 40. O partido também quer lançar candidato nas capitais dos 27 estados. O projeto põe em xeque a frágil relação entre socialistas e petistas em João Pessoa, presos ainda ao acordo firmado no ano passado, mas que, nas palavras do governador da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB), não está assegurado ainda para 2016.

PSB vs PT (2)

Em conversa com o blog, o presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira, deixou claro que o objetivo é crescer. Ele acredita que poucos partidos têm tantos bons nomes como a sigla socialista. Em algumas capitais, como São Paulo (SP), as disputas são dadas como certas. O mesmo ocorre em relação a Belo Horizonte (MG), Curitiba (PR), Rio de Janeiro (RJ) e Goiânia (GO). A meta é lançar candidato em todas as cidades com mais de 200 habitantes.

O caso de João Pessoa, Siqueira reforça, enseja um debate que se dará no tempo certo. Ele diz que ainda não conversou com Ricardo Coutinho e com o presidente estadual do partido, Edvaldo Rosas. O conceito é que se houver condições para a disputa, ela ocorrerá. A mensagem, quase subliminar, é como música para os ouvidos da deputada estadual Estela Bezerra e do secretário estadual João Azevedo. Ambos têm pretensões eleitorais.

Esta semana, em entrevista a uma emissora de TV local, Ricardo Coutinho voltou a colocar em aberto o debate sobre a eleição de 2016 e aproveitou para cobrar postura de aliado do PT na Assembleia. Os petistas, por outro lado, assumiram uma postura mais discreta. Uma das lideranças ligadas ao prefeito Luciano Cartaxo deixou claro que eles não vão revidar as provocações do PSB. “Se quiserem romper, vão ter que fazer isso sozinhos”, disse.

Mais Notícias

Comente
O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados com *