Onze parlamentares levam falta em reunião para discutir soluções para a crise

A bancada paraibana é formada por 15 parlamentares, sendo três senadores e 12 deputados federais. Mas não é o que pareceu, na manhã desta segunda-feira (27), durante reunião com o governador Ricardo Coutinho (PSB). A pauta, em tese, era do interesse de todos, mas apenas quatro pessoas compareceram. Dois enviaram representante, no caso do senador Cássio Cunha Lima e do deputado federal Pedro Cunha Lima, ambos do PSDB.

Reuniao_da_bancada_federal_pag.Pagina_3_cad.Caderno_1_Francisco_Franca_430870

Os dois foram representados pelo ex-deputado federal Ruy Carneiro (PSDB). Estiveram presentes Damião Feliciano (PDT), Veneziano Vital do Rêgo (PMDB), Rômulo Gouveia (PSD) e Wilson Filho (PTB), este último líder da bancada paraibana. O encontro girou em torno do pedido de apoio aos parlamentares para a aprovação das demandas que possam beneficiar o estado. Ricardo Coutinho disse que a grande preocupação é atender os 170 municípios em estado de emergência.

O secretário de Estado dos Recursos Hídricos, do Meio Ambiente e da Ciência e Tecnologia, João Azevedo, disse que o contingenciamento dos recursos federais têm, sim, prejudicado o estado. Segundo ele, obras importantes como a adutora Acauã-Araçagi estão sendo executadas graças aos recursos alocados para a contrapartida. Isso apesar das dificuldades de arrecadação do estado, já que houve uma queda real do ano passado para cá.

Ricardo Coutinho disse ainda que vai aproveitar o encontro com a presidente Dilma Rousseff (PT), nesta terça, em Goiana (PE), para conversar sobre a necessidade de liberação de recursos para a Paraíba.

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *