Política 13:12

Haddad está errado. Não devia ter rompido com a Folha. Precisa lidar melhor com a pluralidade

Fernando Haddad tinha uma coluna semanal na Folha de S. Paulo.

Atuava como colaborador do mais importante jornal brasileiro.

Duvido que tenha sofrido alguma pressão para escrever sobre isso ou deixar de escrever sobre aquilo.

Não é assim que funciona na Folha. Sabemos que não é.

Haddad anunciou que está deixando o jornal. Não vai mais escrever seus artigos.

Não digeriu crítica feita a ele num editorial. Daí o rompimento.

Acho que está errado.

Em primeiro lugar, porque perde um espaço importantíssimo para se expressar livremente.

Ali, naquela coluna, ele escreveria contra o próprio jornal e não sofreria censura alguma. Já vimos coisa semelhante.

Então, seria o caso de aguentar que fizessem o mesmo com ele.

Bem que Fernando Haddad, que é um dos melhores quadros do PT e do cenário político nacional, poderia lidar melhor com a divergência no campo das ideias. Com a pluralidade como marca de um grande jornal.

Ganhava ele como articulista.

Ganhávamos nós como seus leitores.