Música Vídeos 7:57

Claro que CAETANO não é CATANEO! Só a ditadura militar achava que era!

Preso pela ditadura em 1968, Caetano Veloso foi acusado de ter gravado um disco chamado Che!.

Era um compacto simples do selo Polydor.

A capa, maltratada pelo tempo, é esta.

Num dos lados, Hasta Siempre.

No outro, Ay Che Camino.

São duas canções feitas em homenagem a Che Guevara.

Ambas interpretadas por um cantor chamado Cataneo.

Uma delas toca no filme Estado de Sítio, do cineasta grego Costa-Gavras.

Em 1968/69, o disco – lembro bem – era vendido numa loja no centro de João Pessoa. Mas não estava exposto. Ficava escondido sob outros discos.

Caetano Veloso nunca gravou nenhum disco chamado Che!.

Claro que CAETANO não é CATANEO!

Só a ditadura pensava que era.