Música 15:15

Gary Peacock, morto aos 85 anos, brilhou num dos grandes trios da história do jazz

Morreu Gary Peacock.

A morte, ocorrida na sexta-feira (04), foi anunciada nesta terça-feira (08).

A família não divulgou a causa.

O contrabaixista tinha 85 anos.

No jazz, quando falamos de trio com a formação piano, contrabaixo e bateria, o primeiro que nos ocorre é o conjunto que, com formações distintas, foi liderado por décadas pelo pianista Oscar Peterson.

Mais recente, outro de menção obrigatória é o The Standards Trio, formado – da esquerda para a direita – pelo pianista Keith Jarrett, pelo baterista Jack DeJohnette e pelo contrabaixista Gary Peacock.

O grupo atuou por 30 anos como integrante do cast da gravadora norueguesa ECM.

Pode parecer paradoxal, mas não é: são músicos do jazz contemporâneo, executando e recriando standards do repertório americano. Tanto do songbook de que o jazz se apropriou quanto de temas instrumentais criados pelos próprios jazzistas.

No palco – sobretudo no palco! – e no estúdio, Jarrett, Peacock e DeJohnette foram brilhantes pela extraordinária qualidade e pela irresistível vivacidade do conjunto, mas também pelas performances de cada um dentro do grupo.

Reouvir a música do Standards Trio é prestar um tributo a esse profícuo músico chamado Gary Peacock.