Música 8:33

Raphael Rabello, mestre do violão de 7 cordas, morreu há 25 anos

Nesta segunda-feira (27), faz 25 anos que morreu Raphael Rabello.

O músico tinha apenas 32 anos.

Era um mestre do violão de 7 cordas e um dos grandes violonistas brasileiros.

*****

Raphael ainda era adolescente quando apareceu como integrante do grupo Os Carioquinhas.

Ali, na segunda metade dos anos 1970, estava no meio de uma garotada que fora seduzida pelo choro, essa música incrível criada pelo povo do Rio de Janeiro.

O grupo, que gravou um LP e excursionou com Nara Leão, era pequeno para o violonista.

Ele logo partiu para o solo, ou para dividir palcos e estúdios com intérpretes como Elizeth Cardoso, Gal Costa e Ney Matogrosso.

Aluno de Meira, discípulo de Dino, guiado por Radamés Gnatalli e Tom Jobim, Raphael era um gigante do seu instrumento.

Tinha técnica, velocidade, emoção, virtuosismo.

Seu ocaso foi triste: uma suposta contaminação pelo HIV, durante uma transfusão, e um mergulho sem volta nas drogas.

*****

Se há uma dinastia do violão brasileiro de 7 cordas, ela passou de Dino para Raphael.

E, felizmente, segue com Yamandu Costa.