Bolsonaro está sem poder para demitir Mandetta. Presidente, faça como Geisel fez com Sylvio Frota

O presidente Jair Bolsonaro está louco para demitir Luiz Henrique Mandetta do Ministério da Saúde.

Anda ensaiando.

Nesta segunda-feira (06), chegou bem perto.

Por que não o fez?

Porque não o faz?

Ora, porque, neste momento, lhe falta poder para isto.

Sabem minha opinião?

Torço pela permanência de Mandetta, mas acho triste que um presidente eleito por quase 58 milhões de brasileiros esteja, com apenas 15 meses de governo, sem forças para demitir um ministro.

Sim! É triste constatar que não temos na presidência um líder capaz de governar o país, mas um homem que não consegue trocar um ministro.

Vamos, presidente, demita Mandetta!

Ponha Osmar Terra no lugar!

Tenha coragem!

Mostre quem está com a caneta e a força que ela tem!

Mostre quem é que manda!

Confirme aos seus eleitores a sua condição de mito!

KKKKK!

Que mito que nada!

Que coragem que nada!

Que poder que nada!

Fecho com uma provocação:

Bolsonaro, faça como o presidente Ernesto Geisel fez com o general golpista Sylvio Frota!

“O cargo é meu. Vá embora. O senhor não é mais ministro”.

*****

No Jornal Nacional desta segunda-feira, vimos que o Palácio do Planalto não se manifestou sobre a permanência do ministro Mandetta.

Quem disse que ele fica foi o vice Hamilton Mourão.

E o próprio Mandetta, numa entrevista coletiva mostrada já no último bloco do JN.

Quem quiser que ache normal o que aconteceu ontem entre o presidente e o seu ministro da Saúde.

Quem quiser que ignore a tradução precisa feita pelo Jornal Nacional.