Censura ao Porta dos Fundos atenta contra a Constituição

Você gostou do especial natalino do Porta dos Fundos.

Você não gostou do especial natalino do Porta dos Fundos.

Você não vê nada de errado com o especial do Porta dos Fundos.

Você se sente ofendido com o especial do Porta dos Fundos.

Você considera que o especial agride os valores do cristianismo.

Você considera que o especial não agride os valores do cristianismo.

Você acha que a Netflix deve manter disponível o especial.

Você acha que a Netflix não deve manter disponível o especial.

Você é livre para achar o que quiser. Mas isso não importa.

O que importa é o que diz a Constituição promulgada em outubro de 1988:

“é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença”

“é vedada toda e qualquer censura de natureza política, ideológica e artística” 

O Brasil não tem censura.

Quem nos assegura é o texto constitucional.

É conquista do nosso processo civilizatório.

A censura imposta nesta quarta-feira (08) ao especial natalino do grupo Porta dos Fundos atenta contra a Constituição.

Simples assim.