Música 6:13

Direitopatas batem em Chico Buarque seguindo Toni Tornado

Há alguns anos, muito antes dessa polarização que tomou conta do Brasil, ouvi de um jovem músico que Chico Buarque não sabe compor.

O cara questionou as linhas melódicas, as harmonias, etc.

O comentário foi tão absurdo que respondi com o silêncio.

Agora há pouco, no apagar das luzes do ano de 2019, Toni Tornado disse que Chico Buarque não sabe cantar.

O jornal O Globo ouviu especialistas em voz, e eles foram unânimes: Chico, sim, sabe cantar, a despeito da voz anasalada e de um timbre que pode ser considerado feio se comparado a outros padrões vocais.

Há outra questão: Chico é de uma geração que, no Brasil e no mundo, mexeu com o modo de se cantar música popular.

E mais: uma geração de autores que cantam suas próprias músicas. Seja Chico aqui, seja Bob Dylan nos Estados Unidos.

Chico envelheceu cantando bem. Para constatar, basta vê-lo ao vivo.

Dylan envelheceu cantando mal, embora, na juventude, apesar do timbre igualmente nasal, tenha cantado lindamente suas protest songs e outras coisas mais.

Voltemos a Chico. E a Toni Tornado.

Ator e cantor, Tornado foi infeliz no que disse.

Sua opinião bombou nas redes sociais e deu lugar a outros comentários ainda mais infelizes.

O mote é o mesmo – CHICO BUARQUE NÃO SABE CANTAR! -, mas o tom é mais agressivo.

Alguns ressuscitaram até aquele vídeo em que Chico, brincando numa conversa de estúdio, diz que compra as canções que grava.

Curioso: os comentários partem da mesma gente que hoje defende os que, no poder, promovem uma verdadeira cruzada contra a produção cultural brasileira.

CHICO BUARQUE NÃO SABE CANTAR?

Não só sabe como, com uma outra exceção, é o melhor intérprete das canções que compõe.

Enquanto os direitopatas (Sim! Eles existem!) detratam esse grande artista brasileiro, Prêmio Camões de Literatura pelo conjunto da obra, a gente, como naquele samba de Caetano, apenas brada:

SALVE O COMPOSITOR POPULAR!